quarta-feira, setembro 07, 2011

VIEIRA & GODINHO, ASSOCIADOS.

http://3.bp.blogspot.com/-jLt5JSKGjgQ/Tj_dN9ha3SI/AAAAAAAAOPE/BFmbFfhhOU8/s1600/pc.JPG

               

           Com o aproximar do fim do prazo de candidaturas à presidência da Federação Portuguesa de Futebol vão aparecendo putativos candidatos à vaga (?) de Gilberto Madail, surgindo à ribalta o nome de Filipe Soares Franco, o antecessor de Eduardo Bettencourt na presidência do Sporting Clube de Portugal (SCP).

             Sabendo-se que desde algum tempo a esta parte Filipe e Godinho, ou Godinho e Filipe, os actuais presidentes dos dois velhos rivais do desporto alfacinha têm vindo a manter conversações (ou negociações) com vista à restauração do organismo máximo do futebol português à prática velha do século passado, em que um e outro se revezavam na cadeira federativa, o aparecimento de Soares Franco na corrida parece ter acontecido ao arrepio dos planos engendrados por aqueles dirigentes para apresentar uma candidatura com que pretendem liderar "a moralização do futebol português".

 
            Ao contrário do "candidato do regime" que o (ainda) presidente da Câmara de Sintra, Fernando Seara, se deliciaria em ocupar, Filipe Soares Franco tem passado ligado ao futebol, ainda recente, com uma postura dialogante, serena, educada, culta, com personalidade e sem radicalismos sectários ou complexos de grandeza inacessível em relação à concorrência.

            Os clubes, melhor que ninguém, conhecem o perfil destes dois candidatos e não deixarão de o demonstrar às associações a que pertencem. A designação de Seara nunca seria pacificadora para o futebol, português, por razões óbvias de sentimentos clubistas  e centralistas, inexperiência funcional. Com ele, o circo rivalizaria em grandeza com o de Cardinal. Filipe Soares Franco, se outro entretanto não surgir, para além dos atributos que atrás enumerei, só precisa de mostrar se tem personalidade suficiente para exercer as funções com equidade e distanciamento em relação a todos os clubes e, em que medida seria capaz de se distanciar das posições de um Dias da Cunha, Eduardo Barroso (e dos filhos...), Luís Duque, e, obviamente, de Godinho e Vieira ou Vieira e Godinho, Associados.





http://1.bp.blogspot.com/_grSyOiusGZQ/S_MR-BrLQ7I/AAAAAAAAHNw/SX9Ne7ufifs/s1600/Fernando+Seara+e+Judite+de+Sousa_zorate.jpg
 Ainda se fosse a drª Elisa....

1 comentário:

  1. Caro Remígio
    Se ela não se tivesse enfiado na TVI,concertezamente,com contrato de exclusividade,quem eu gostaria mesmo de ver na FPF- na óbvia Presidência, era a... Judite,sim, a de ...Sousa.
    'Bora lá a apoiá-la ?
    Abraço amigo
    João Carreira

    ResponderEliminar