sexta-feira, julho 27, 2012

BLOGUES PORTISTAS ACOLHIDOS NO DRAGÃO.






            DRAGÃO, SEMPRE! não esteve lá mas aplaude a iniciativa e vai ficar atento ao desenvolvimento que a ideia vier a ter e à possibilidade de nela poder vir a colaborar.

              Por agora, ficam aqui os meus parabéns aos promotores do primeiro encontro.

terça-feira, julho 24, 2012

EU QUERO É VER A BOLINHA A ROLAR, A SÉRIO.

Mercado

HULK, sai. Hulk, talvez, Hulk, fica ou antes pelo contrário. João Messinho, está sob a mira dos Spurs com o leãozinho Godinho a salivar, ávido, à espera para lamber o osso na luta pela sobrevivência. O Palito anda tão confuso com a sua situação como o seu homónimo Álvaro com a economia do país: nem o pai morre nem a gente almoça. O affaire Rolando desenrola-se ao ritmo duma morna cabo-verdiana da sua linda Cabo Verde, na voz da saudosa Cesária, e o central não vê chegar a hora do -cio, rapazes, aqui a vida não está para graças com o Maicon a querer rivalizar com o Jackson Martínez, e a Dolce Vita para mim já não é junto ao Dragão, mas em Milão.

Vítor Pereira tem excesso de "gorduras" e não admira porque trabalha no Olival. Vá de cortar, pois, não nas remunerações dos jogadores que isso é mais próprio do Coelhinho & Gasparinho a mando dos troikos e vá de cortar no excesso de "activos" que podem sempre emigrar para sobreviverem.

"Não pensámos vender Witsel", diz ele.

Entretanto, abriu concurso mundial para encontrar um defesa esquerdo que seja benfiquista desde nascença e saiba a história do Eusébio como um estudante universitário conhece "Os Lusíadas", mantendo-se a expectativa de vir a conhecer-se até 31 de Agosto próximo se o Benfica bate o record de contratações de jogadores propaladas através da Borla, Rascord, C. do Manha e benfasTVmourisca  e entra para o Guiness como o MAIOR clube do mundo que mais vezes venceu a competição do defeso a ludibriar seis milhões (e tal...) de crédulos "azevedianos".
Capa do jornal A Bola

Melhor que o super produto comercial da marca CR7, só mesmo o fenómeno Carlos Martins! Que grande aquisição dos lampiões ! Nem parece o do ano transacto. Que bomba! Muito aprendeu em tão poucos meses, longe de Jesus. Será que tendo estado no Granada se tenha transformado numa bomba pronta a estourar a todo o momento? Ninguém se admire que o Emerson esteja ansioso para se por a "milhas" da Catedral do nosso contentamento...

O quê? Deixaram ir a taça para o PSV? Gostam mais da da Sagres...

Oh, gente, como é grande o "defeso". Ainda faltam muito tempo para a gente poder falar de futebol? E do Iturbe? E do Atsu?

 

quinta-feira, julho 19, 2012

terça-feira, julho 17, 2012

ESTÁDIO DO DRAGÃO EM LEGOS, EM NOVA YORQUE (EU))




Para os benfiquistas isto é uma dor de alma; para um portista, uma coisa normal.
Estádio do Dragão em Legos e em Nova Iorque!!!
As nossas queridas televisões esquecem-se sistematicamente de dar notícias dos êxitos internacionais do F.C.Porto.
Obviamente que, se se tratasse de uma reunião do Presidente do Benfica com meia dúzia de emigrantes nos EUA havia logo notícia na abertura dos noticiários.

   

quinta-feira, julho 12, 2012

SOUBE BEM O SORVETE SUÍÇO.

         

    Sem surpresas de maior mas agradado com o que vi ontem à hora do jantar no FCPorto - Servette. Colocando-me no lugar de Vítor Pereira diria que "os rapazes" estiveram bem. Individualmente falando pois é o que mais interesse me suscita a atenção nestes treinos-jogos integrados no programa de preparação da pré-época. 

              De realçar, desde logo, o empenho com que os jogadores encaram este jogo. Ressalvadas uma ou outra retracção (natural) nas entradas "a doer" houve movimentação, um ou outro lance vistoso e pormenores de execução técnica interessantes e uma intenção de chegar depressa, mais vezes e mais perto da baliza do Servette.

             Notei nos "velhos" uma concentração profissional no desenrolar do jogo, caso de Lucho, Fernando e dos dois centrais Maicon e Otamendi. Como em Helton. Défour, estava em todo o lado e, de quando em vez, dava nas vistas por bons motivos. Djalma, potente, trabalhou como se estivessem pontos em jogo, mas com a intermitência de um pisca-pisca. E Kléber está claramente empenhado em mostrar todo o seu potencial que, seja lá pelo que for tem, mas não tem usado. Dois golos (excelentes) é um óptimo pronúncio para chegar à titularidade com a "vantagem" de ser muito "mais bonito" do que Martínez...é o que diz a minha neta, que já anda a "olhar p'ra sombra"

            Ora bem e Atsu (Christian). Um  encanto de pérola. Mas, já antes, em Vila do Conde, me fascinava.

            David tem "escola" e sabe já posicionar-se nas suas funções. Não será alternativa imediata mas tem valor para crescer (até no físico).

            Falei mais dos que alinharam na maior parte do tempo de jogo e, os que os substituíram estão desfavorecidos nas análises que se façam sobre o seu desempenho. Não me vou adiantar muito, pois não faltarão ocasiões para os analisar por mais tempo em jogo e noutras exigências. Digo, apenas, que Jámes é Jámes ainda a precisar de algum leitinho para ganhar força, Kélvin tem a preocupação de alindar a bola com os pés como em ter um lindo penteado, Castro continua a empenhar-se em "jogar à Porto", o que o valoriza,  Moreira impressionou-me técnica, física e posicionalmente, Mangala é para contar com ele, tenho um branca neste momento mas é pretinho e alto aquele médio que vai ser jogador, não sei se me estou a esquecer de algum outro e há Iturbe, a fechar, e, se eu estivesse com mais confiança nas previsões que costumo fazer, diria que vai ser a sensação desta época, só espero que esta minha conclusão não lhe dê azar.

           É tudo.

              FUTEBOL CLUBE DO PORTO, 2 - SORVETE, PERDÃO, SERVETTE, 0

           

quarta-feira, julho 11, 2012

SORVETE, AO JANTAR.

         

FC Porto inicia estágio na Suíça

                    Os cuidados que rodeiam a preparação das equipas de futebol envolvidas na alta competição são tidos em conta até aos mínimos detalhes, sendo os pormenores a ter com a alimentação aqueles que mais atenção merecem.

              Na Suíça, em Prangins,onde está a preparar a nova época, um nutricionista administra ao plantel incompleto do Futebol Clube do Porto um regime alimentar que comporta nada menos que sete refeições diárias: pequeno almoço, almoço, jantar e ceia e, intercaladamente com aquelas, mais três suplementos são receitados. Parece um calendário apertado para quem também foi lá para treinar e não só para comer, descansar e passear, mas a rapaziada levanta-se cedo e lá vai cumprindo, à risca,  o plano de trabalho congeminado pela equipa técnica de Vítor Pereira.

              O programa das festas prevê, lá para as 20 horas TMG de hoje, na sportv  e nos canais concorrentes da internete para aqueles que ainda vão resistindo à erosão provocada pela digníssima dama D. Troica, e rapam da carteira os últimos cêntimos para a pagar, a transmissão de um treino público arbitrado e com contagem de golos (se ou houver...), para proporcionar uns minutos de gozo pessoal a alguns atletas e dar-lhes o privilégio de vestir a camisola azul e branca. E serve, para os simpatizantes, de lenitivo compensatório.

              Por enquanto não vão entrar nesta fase de preparação, os jogadores que iniciaram mais tarde o período de férias por estarem envolvidos nos jogos das respectivas selecções que integraram. Hulk, Alex Sandro e Danilo também estão descartados, pois estão convocados para representar o Brasil nos Jogos Olímpicos, em Londres. Moutinho e Varela e Álvaro Pereira, por razões diferentes, falham por agora os trabalhos da pré-época.

              As atenções vão estar concentradas deste modo em Jackson Martínez, que muito dificilmente entrará no jogo para fazer golos, isso virá a seu tempo, mas para desfilar diante do público que ali vai ocorrer e exibir as suas características físicas, dando-lhe oportunidade de poder contrariar a opinião do Miguel Sousa Tavares  que, para além de desconfiar da sua capacidade de goleador, acha que ele é ainda mais feio do que Bruno César ou Carlos Martins.

              Ao que li, também os suíços de João Alves não levarão muito a sério este encontro. Têm um jogo mais importante na sexta-feira. Tanto faz, para nós portistas. Desde que apareçam Atsu, Kelvin, Fabiano, Castro e o Yanko (ai, que saudades ai, ai...). Não teremos o Servete, mas, no fim de jantar cai sempre bem  um sorvete para sobremesa.

             

             

PROVAS DE PORTO FAZEM-SE EM GAIA.

 
ooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooo
 
Não há-de faltar muito para que a simbiose entre Gaia e Porto se formalize dando lugar a uma interligação administrativa entre as duas cidades unidas pelo Douro, cujo impacto constituirá um enorme impulso para a afirmação da região nortenha e um avanço no desenvolvimento económico e social de uma área rica em avultados recursos materiais e humanos.

Luís Filipe Menezes, presidente da Câmara Municipal de Gaia e Jorge Nuno Pinto da Costa, líder do Futebol Clube do Porto são duas personalidades fortes que defendem os mesmos objectivos em cargos distintos mas convergentes, concretizados em parcerias de grande sucesso. Depois do Centro de Estágio do Olival, que tem sido a oficina dos Dragões de há anos a esta parte, o Estádio Jorge Sampaio, em Pedroso, em Vila Nova de Gaia vai acolher os jogos da equipa nº 2, onde naturalmente irá ter um ambiente fortíssimo de apoio e carinho como se actuasse no Estádio do Dragão ou no Olival.

As provas dos famosos vinhos do Douro já vinham a fazer-se nos velhos armazéns da margem esquerda do Douro; chegou, agora, a altura de se ensaiar a preparação dos futuros "vintage" que irão ser saboreados no Estádio mais belo da Europa.

terça-feira, julho 10, 2012

FEIOS E BONS.

                Esta, é que a ninguém tinha ainda lembrado. Nem ao diabo que é tido e temido pela sua criatividade e arte em surpreender até o mais pintado. Então não é que o nosso MST, quiçá inspirado na notícia da descoberta do bosão que agitou na última semana os cientista que buscam explicação para a existência da matéria e a criação do Universo, identificou o requisito essencial de um jogador de futebol pelo qual se podem determinar as suas qualidades de goleador? E, a verdade, é que ideia como esta só mesmo a que teve Cristóvão Colombo quando descobriu que um ovo se estabilizaria facilmente na vertical se fosse amolgada a casca na base mais arredondada. Nessa altura o Mundo não parou e ainda bem porque, tivesse sido doutro modo e, talvez, ainda hoje nem o Miguel seria capaz de por o ovo de pé.

              Pois é verdade. Miguel Sousa Tavares considera não ter Jackson Martinez, o colombiano dos Jaguares, de Medelin, no México, que ora chegou ao Futebol Clube do Porto, a qualidade sine quo non, segundo ele, para se tornar o goleador que Pinto da Costa anseia para o ataque da nossa equipa: o rapaz é FEIO de mais para lá chegar! Feio? Como feio? Então o moço jogava à bola ou desfilava em passareles cor de rosa em Acapulco e mudou de profissão? O Miguel estava a ver-se ao espelho e distraiu-se? Ai, ai, Miguel, ai, ai! Pára um pouco para reflectir e procura fazer uma arrumação às prioridades dos trabalhos que assumes. Arranja, de novo, um tempo razoável para ler e ver futebol que as tuas crónicas começam a saber a sopa requentada. Sem pitada, moles, sem aquele som único do mercado do Bolhão (antes de Rio...) e dos cais esquerdo e direito do Douro, ou do Parque da Cidade que não é Wimbledon nem Cascais mas tem "pronúncia do Norte". Feio? E, então, já viste o Bruno César? Claro que não. Olha só, Miguel:


Brasileiros em ação na Europa
         
                  Mas para arrasar de uma vez essa boutade vou lembrar-te um goleador dos maiores de sempre da história do teu (nosso) Clube: JABURÚ! Era tão feio e tão feio que não havia guarda-redes que não ficasse aterrorizado quando o tinha pela frente! Carlos Martins? Um querubim, ao lado dele.

                 Miguel, saem todos os dias comboios da gare do Oriente...para o Norte!

domingo, julho 08, 2012

JACKSON MARTÍNEZ PARA RIMAR COM...FALCAO.

      
                  JACKSON MARTINEZ
             
           Dizia eu, então, fiado na minha sapiência empírica de catedrático da bola (já tenho o currículo a caminho da universidade da Colômbia para me concederem o "canudo" merecido), que o tal Jackson Martínez, que alinhava naquele clube mexicano que mais parece uma fábrica de automóveis, da marca Jaguar, não me "cheirava" que viesse a ser jogador do FCPorto, porque dava muitas entrevistas revelando os pormenores do negócio, o seu representante estava em alerta permanente para atender jornalista, o Jaguares de cabeça à roda. Mas, hoje, zás! Aqui vai CMVM, comprámos o Jackson Martínez, o cheque é de 8,8 (!!!) milhões de euros (por enquanto é esta a moeda...), uma bagatela para tão grande pássaro, e, o colombiano que, por acaso, até é compatriota daquele moço de semblante sofrido, viciado em fazer golos de toda a forma e feitio, fizesse sol, neve e até frio, que depois de marcar no Dragão uns golitos quis ir jogar para aquele clube que tem as camisolas iguais aos antigos colchões de folheca de milho , onde jogou o Futre, (e, até, o Paulo Ascenção que trocou o Porto por medo do papão que o esperou à porta do Olival a pedir satisfação) e consegue ficar sempre em quinto da classificação no campeonato espanhol,  o Falcao, raio, o Radamel Falcao, que voava como o dito por entre os centrais e por cima do Roberto, também não se lembram de nada, parece impossível! Isso é de alzaimeirados, porra!.

             Pronto, ele vai chegar na segunda-feira, eu já não posso fazer nada, a não ser estudar mais para não dar fífias destas, e, os amigos que por caridade ou paciência ainda esperam que eu escreva alguma coisa de jeito, quando eu me atrever, de novo, a dar palpites desta especialidade façam o mesmo que eu aos boletins do totoloto depois de conferir a chave que sai no sorteio das sextas-feiras.

             Mas deixem lá que nem tudo é mau o que encontram aqui. Vejam só o consolo que dá saber que esta perfeitura é, toda, todinha, nossa: isto é adepta do Futebol Clube do Porto!

             Só podia.
                                                            (Não se impacientem. "Isto", vai mesmo aquecer.)

J


sábado, julho 07, 2012

VAMOS LÁ COMEÇAR OS ENSAIOS.








             Anda ainda longe de encontrar o fio de prumo do equilíbrio perfeito o início da nova época futebolística do Futebol Clube do Porto iniciada no passado dia 2, na medida em que sobram ainda, pelo menos para a massa dos seus seguidores, muitas incertezas quanto à definição do plantel que há-de defender na época que se avizinha e em várias importantes competições, a bendita bandeira que ostenta o símbolo mais inspirador, idolatrado e representativo do futebol português.

             Bom, foi ter mantido a equipa técnica campeã pelo know how consolidado das épocas anteriores que vai ser precioso para depurar o clima interno do grupo e colmatar as carências que mais possam contribuir para a melhoria global do conjunto, quer as do passado quer as que venham a resultar da inevitabilidade das saídas. Contudo, nesta área, está tudo em aberto mantendo-se todas as dúvidas sobre quem sai ou vai entrar e o peso que terão as movimentações anunciadas.

            Hulk, Moutinho, Fernando ou Jámes Rodriguez serão de difícil substituição por serem peças de qualidade atestada. Tudo leva a crer que são sérias e hipóteses de rumarem a outras paragens por serem valores bem cotados e o mercado vasto. E o clube vive (e carece?) de receitas para manter o orçamento equilibrado não vá correr o risco de vir a acontecer-lhe o mesmo a certas nações europeias...

            As entradas, tudo leva a crer, estarão condicionadas às vendas. Estando, claramente, em desvantagem ao seu cliente de estimação que já leva contados até esta altura mais de uma centena de contratações da treta, todas de grande impacto noticioso nos órgãos pro-oficiais do círculo palacial do Terreiro do Paço para servir de apaziguamento à turba descapitalizada dos seis milhões e setecentos e noventa e nove mil de fíéis, o FC Porto terá garantido o tal Jackson, colombiano como Falcao e isso é bom (augúrio), mas fico de pé atrás em relação às verdadeiras capacidades porque "pássaro gabado, sai carriço", como diz o "doutor" do grande canudo, senhor Zé Povinho. E, ou tenho que ir ao oftalmologista, ou não estou a ver mais nada de geito.

            (Estou ansioso que o nosso Presidente, o Jorge Nuno, entregue lá a Joaninha ao rapaz daqui a pouco em Nevogilde, e volte a correr para junto da "nossa" (salvo seja) Fernandinha, que deve estar ansiosinha por saber novidades...).

            Esqueçam o Governo. Sejam felizes, bom fim de semana.



quarta-feira, julho 04, 2012

CAIXAS DOS BLOGUES AMIGOS.

           
Treino do F.C. Porto (Foto: Catarina Morais)


              Na minha lista de leituras dos blogues amigos que sigo, vão caindo regularmente as notícias e os factos relacionados com o Futebol Clube do Porto, as quais leio com o maior interesse e, de acordo com o tempo disponível, algumas vezes comento.

Fernando no FCP-Marítimo (4-1)

             Há pouco, no FC Porto Notícias - O Diário do Dragão, li que o nosso médio Fernando, um estupendo centro-campista que tão boas prestações tem vindo a produzir ao serviço do FC Porto, deu o "sim" ao Inter de Milão onde já se encontra desde meados da época passada um dos seus anteriores companheiros, o médio Fredy Guarin. Um jogador da sua categoria tem lugar em qualquer equipa do mundo e, a confirmar-se a transferência, Fernando será uma mais valia para a equipa de Milão e uma boa receita para os cofres do nosso clube.
Mariano Gonzalez
            
                  No mesmo blogue regista-se a passagem pelo Olival do argentino Mariano González, agora no Estudiantes, em visita de cortesia e para debelar saudades aos seus antigos colegas e técnicos (alguns). O Mariano foi o "patinho feio" dos simpatizantes por alternar o muito bom com alguns disparates, mas todos o apreciavam pela sua total entrega na defesa do emblema da Invicta, a sua raça e vontade de ganhar e, acima de tudo o seu companheirismo e extrema simpatia. Boas férias, Mariano, e continua feliz.

            No, Desporto em Ponte de Lima dá-se conta da chegada do terceiro reforço desta época, o congolês (República Democrática do Congo) Arnold Nkuf, de apenas 20 anos, que anteriormente jogava no Rebordosa da 3ª Divisão, e que vem representar a equipa de "Os Limianos". Pois que seja uma revelação e obtenha muito sucesso na vila mais linda de Portugal.

            Há pouco, foi Manuel Vila Pouca, no seu frequentadíssimo Dragão Até à Morte - F C Porto o melhor Clube Português, a publicar um dos seus excelentes posts abordando o tema da renovação dos Dragon Seat e outros assuntos da actualidade do nosso Clube.

            Há muito carinho, amor, dedicação e fervor portista na blogosfera. Que sejam cada vês mais e melhores.

           

À FRENTE, PARA CONTINUAR NA LIDERANÇA.

             

             O clube que em Portugal tem seis milhões de invejosos detractores que negam o mérito desportivo das conquistas frequentes e brilhantes do FC Porto, internas e internacionais, seja no futebol como em outras modalidades populares onde não entra o futsal de âmbito familiar circunscrito ao perímetro da segunda circular entre o aeroporto e o centro comercial Colombo, continua no top europeu dos emblemas que mais se destaca em figuras que se evidenciaram ao seu serviço conquistando títulos e mostraram valor bastante para serem contratados para trabalhar no estrangeiro.

              José Mourinho chegou a "melhor do mundo" depois de ter triunfado no Futebol Clube do Porto vindo do União de Leira depois ter sido desvalorizado no Benfica; Fernando Santos é herói na Grécia como seleccionador daquela nação helénica depois de ali ter sido campeão, como treinador, tendo antes passado pelo Estrela da Amadora e pelo clube da Dona Victória, onde só ganhou frustração e injustiças. O professor Jesualdo Ferreira, tri-campeão em Portugal pelo FC Porto, vai treinar pelo terceiro ano consecutivo em Atenas apesar da "mancha" de ter no curriculo uma passagem pelo "clube do regime", obviamente fracassada. André Vilas-Boas, aos 33 anos de idade foi campeão nacional pela equipa que mais vence em Portugal depois da instauração da democracia, ganhando nesse ano a Liga Europa e os demais troféus nacionais com excepção da Taça da Liga. A trabalhar nas respectivas equipas técnicas estão adjuntos e colaboradores que formaram o staff portista e contribuíram de forma brilhante para os sucessos alcançados.

                André Vilas-Boas não foi feliz em termos de resultados práticos no Chelsea pelo que ao multimilionário Abramovich  terá faltado coragem para lhe conceder o tempo de que precisava para executar o plano que o seu clube terá que cumprir, seja já ou depois. Despediu-o, garantindo-lhe o cumprimento do contrato milionário assinado, com a condição de o vencedor portista e portuense não assinar outro contrato antes de finda a vigência do que tinha com o Chelsea. Após alguns meses de discreta notoriedade, eis que o Tottenham Hotspur, quarto classificado da Primier Ligue da época anterior, um dos mais populares clubes da capital londrina, o contrata por um período de três anos e aos adjuntos José Mário Rocha e Daniel Sousa, abdicando ele de receber 12 milhões de euros a que tinha direito se se mantivesse parado!

                Se os treinadores se distinguiram, também atletas que vestiram a gloriosa camisola azul e branca com o símbolo mais lindo do mundo colado ao coração, brilham como estrelas mundiais nos melhores campeonatos, gerando com os seus contratos mais valias para a economia do nosso país. Paulo Ferreira, Hilário, Ricardo Carvalho, Bosingwa, Pepe, Vítor Baía, Gomes, Postiga, Rúben Micael, Falcao, Quaresma, Hugo Almeida, Ricardo Costa, Fernando Couto, Madjer, Fabiano para só falar de alguns mais recentes, justificaram generosamente os investimentos neles efectuados.

               Na época que decorre, se o grande timoneiro Nuno Pinto da Costa precisasse de vender, tínhamos que jogar com os júniores, tal é a procura dos nossos atletas. Sapunaru, Rolando, Maicon, Otamendi, João Messinho (lembrem-se o que fez no último europeu...), Fernando, Varela, Álvaro Pereira, Jámes Rodriguez, Castro, Beto, e Hulk, a estrela das estrelas.

               Há, em Portugal, outro clube assim? Não!

               Esta é uma realidade que custa a engolir à multidão de obcecados e fanáticos incapazes, que buscam argumentos de desculpa próprios dos frustrados na tentativa de manter pergaminhos obsoletos a cheirar a mofo.

               
              

terça-feira, julho 03, 2012

FIM DO DEFESO, FUTEBOL AO ATAQUE.

                

Gaspar Lança, do blogue "O Dragãozinho", dizia no seu último post, referindo-se a esta fase do defeso futebolístico que esta era uma época "chata". Concordo com  ele. Este, é o tempo em que se fala de futebol estando a bola no cacifo, onde o boato e a especulação da "não notícia" enche as páginas dos jornais e preenche grande parte dos noticiários desportivos,  a hora dos agentes dos jogadores se desdobrarem nas entrevistas a expor a "mercadoria", o  momento da dar voz àqueles que aguardam uma época inteira por um minuto de fama.

                  Dirão que este ano não faltou a bola nos relvados porque houve o euro2012 e Portugal estava lá.  É verdade que sim e, porque Varela não falhou a segunda tentativa para fazer o 3-2 a escassos minutos do termo da partida, o futebol ganhou com isso uma multidão de apaixonados que brotaram espontâneamente como cogumelos de lés-a-lés de Portugal, onde sobressaem naturalmente as Marias e os Manéis que conhecem muito bem todas as namoradas do Ronaldo, adoram os seus penteados, como obtém os filhos, elas, e, as marcas dos carros, os milhões que ganha e a beleza  das "gajas" com quem anda. "-Eu gosto é da selecção portuguesa", dizem...

                 Felizmente que o arraial terminou, por este ano, o Eusébio já recuperou do esforço despendido a ajudar a selecção na passagem aos quartos e volta a estar "como o aço" para levar o Paulo Bento ao mundial de 2014, e a bolinha já roda no Olival.

                Pouca coisa nova para já. Há ainda uns oito internacionais ausentes o que representa a maior parte dos titulares. Dá para pouco.

                Porque é que eu não acredito que Jackson  vem para o nosso clube se diariamente a comunicação social o tem como garantido no FC Porto? Porque esta não é a prática conhecida de Pinto da Costa. Há publicidade excessiva à volta da contratação do colombiano, declarações constantes dos  dirigentes do Jaguares e afirmações do jogador excessivas e a respeito de tudo e nada, que contrariam a sobriedade das contratações "à Pinto da Costa". E, se querem que lhes diga, "cheira-me", a "bidon" como se caracterizam em Itália os barretes em Portugal.

                Pelo que vi na época anterior eu contaria com Castro, Miguel Lopes, Cristian Atsu, Abdolayie para o plantel principal. Há-de haver outros, que a equipa técnica não deixará de considerar. Acredito que as novas contratações estão já identificadas e, provavelmente, negociadas. O encerramento das negociações estará, provavelmente, dependentes das saídas. Candidatos? Todos e nenhum. Porém, Álvaro Pereira, Sapunaru, Fernando, Rolando, são vendáveis por mais acessíveis em termos de valor. Hulk  Moutinho e Jámes Rodriguez, também. Mas para estas saídas há que vender muitos barris de petróleo...