domingo, maio 30, 2010

BIBÓ PORTO, CARAGO!!


  Homenagem do "Dragão. sempre!", em dia do 4º aniversário, do "DRAGÃO DA MEADELA", Luís Pedro e "BIBÓ PORTO, CARAGO!!.
 Parabéns!

domingo, 30 de Maio de 2010

Momentos do nosso 4º aniversário (29Mai10)

Publicada por bLuE bOy domingo, 30 de Maio de 2010
http://bibo-porto-carago.blogspot.com/

sábado, maio 29, 2010

O FUTEBOL CLUBE DO PORTO JÁ TEM TREINADOR!

 (quem achar que perdeu o seu tempo
  a ler o post, não quero que diga o mesmo depois
  de ver estas "gracinhas" do Rancho da minha terra)


          O anúncio do nome do novo treinador do Futebol Clube do Porto é, apenas, um pormenor do timing para o publicitar. Jorge Nuno já escolheu o sucessor do professor Jesualdo Ferreira e, se a assinatura do contrato não está, nem podia estar, formalizada o documento escrito já estará redigido com um espaço em branco para ela lá ser aposta.
          E não será, em minha opinião, nenhuma dos nomes mais citados ultimamente nos media.
          A afirmação acima divulgada fundamenta-se nos seguintes pressupostos principais:

          - A decisão de mudar de treinador não terá sido tomada recentemente e, se assim for, os contactos com o substituto não esperaram pela saída do professor;
          - É pública a admiração que o presidente do FCP nutre por um proeminente treinador português, com um curriculo de experiências profissionais interessantes ao nível do futebol europeu e internacional;
          - Algumas vezes, nestes últimos anos, para não dizer meses, apareceram juntos em acontecimentos desportivos.
          - A ser André Vilas Boas ou o brasileiro Ramalho, não vislumbro por que Pinto da Costa não enviou ainda à CMVM,a comunicação devida.
          - O maior óbice à divulgação do nome do escolhido poderá ter a ver com a sua situação laboral neste momento e às conversações sobre os termos da rescisão contratual do vínculo que o prende à entidade patronal.

          - Para além do mais, tenho um felling (seja lá o que isso possa significar), que o comandante dos próximos campeões nacionais é...
            (Palavra de honra que, se não for quem penso, vou divulgar aqui o nome em que estou a pensar).

         
       
         

          
     

sexta-feira, maio 28, 2010

AI, MOURARIA...

Oito absolvidos, 13 com pena suspensa

No Name Boys: 13 condenados a pena de prisão efectiva

por Tiago Silva Pires.Hoje
No Name Boys: 13 condenados a pena de prisão efectiva

Treze elementos da claque não legalizada do Benfica, os No Name Boys, foram hoje condenados a pena de prisão. Oito foram absolvidos e 16 ficaram com pena suspensa.
(DN online) 
     Oh!, que surpresa! Tão civilizados e bonzinhos que eles são. Olhem só se tivessem usado bolas de golfe, como estes bárbaros cá do norte! Então sim é que ficariam a saber com quantos paus se faz uma canoa...Livra!

quinta-feira, maio 27, 2010

DIZ MOURINHO.

Di María:
"É um jogador fantástico num campeonato mais pequeno. Tenho dúvidas quanto ao seu rendimento num campeonato como o espanhol ou o italiano. Se me disserem que podemos contratar o Di María por um preço acessível, então digo que arrisquem e que o façam já. Mas se o preço for exorbitante digo que não, porque não me agrada que os meus clubes paguem preços loucos pelos jogadores."

Fábio Coentrão:
"É um jogador que está a destacar-se muito agora, mas contratar Fábio Coentrão é como contratar um Marcelo português. Prefiro um jogador com outro perfil, embora reconheça que é um grande jogador e tem uma grande margem de progressão."

                Digo eu: querem ver que "o melhor do mundo" já não lê os media alfacinhas? Ou será que conhece "de mais" por dentro o mercado e está a mandar algum recado ao não menos special empresário Mendes, avisando-o de que é Zé mas, para ele, "vem de carrinho"?
                Tantos milhões, a voar...

VIENA: O DIA DO DANÚBIO AZUL.

                  27 de Maio de l987, Estádio do Prater, Viena.
    Fosse eu um Álvaro Magalhães e este post seria o mais lindo e arrebatador que pudesse escrever, à altura de emoção sentida na Final Mágica de Viena, da alegria partilhada com os companheiros da aventura iniciada nesta terra do lendário Lethes perdido no norte de Portugal, até à cidade da valsa nas margens do grande Danúbio, que a nossa fé havia de fazer azul, para terminar oito dias e sete horas após um percurso de cinco mil quilómetros através de seis países da Europa!
    Que sensações, que aventura. Que ansiedade vivida, que medo de não entrar no céu que se abria para nós e beber a taça da alegria, que momentos de esquecimento do real para viver o sonho!
    Aqueles últimos segundos foram um martírio, um suplício inaudito! O tempo parou e nós já não estávamos ali, sós, mas muitos, unidos pela chama da nossa crença, olhos pregados nos ponteiros sádicos do relógio, ele também a torcer contra nós por cima das cabeças da claque bávara, contando segundos como se de horas se tratasse.
    Terminouuuuuu! Campeões, campeões da Europa, -"da Europa, da Europa, repetia um companheiro grisalho, com uma bandeira na mão, de olhar perdido: "da Europa, da Europa", só dizia, abraçando e beijando, perdido na bancada.
    No fim,o delírio da celebração pelas ruas de Viena: a provocação de um grupelho, a pronta protecção policial,  a saída tardia à procura de dormida, a tentativa falhada em Graz para pernoitar, a directa até à Jugoslávia, onde, numa pousada "duvidosa" nos fecharam a porta na cara, a transposição da fronteira para a Itália, com o imperdível diálogo com os carabineri, o descanso, por fim, em Savona (Génova). Para trás, ficaram os aplausos de dentro de um táxi de uma italiana fogosa e entusiasta, as palmas dos habitantes das localidades que íamos atravessando quando identificavam pelas bandeiras que levávamos desfraldadas, as palmas no país basco de um automobilista que nos fez parar na estrada para nos felicitar, com alguma apreensão nossa por nos encontrarmos em pleno país basco e não sabermos das suas intenções, a decepção ao ver a primeira página do sábado seguinte do jornal de referência desportiva em Portugal, que nos foi facultada por alguém que seguia no mesmo sentido no seu automóvel e se apercebera da nossa presença e muita, muita aventura.
    E, Madjer, o predilecto de Alá, o Profeta. O GOLO! A obra prima, a Gioconda, o génio de Miguel Ângelo a Vénus do Nilo! Tudo: no gesto, na pose, na arte, na tranquilidade, o argelino criou a OBRA. Impossível de repetir: no clima, no estilo, na oportunidade na serenidade de quem sabe fazer. Não mais alguém verá igual!
    E, Juary, virado para nós de braços abertos, ali no cantinho, a formar uma pirâmide com os companheiros da equipa!
   "HAVEMOS DE IR A VIENA", era o slogam inscrito na nossas facha. Éramos, então, cinco a mostrá-la ao redor do estádio, antes do jogo, aos olhares trocistas dos arrogantes alemães.
     Nesse dia soube que, a felicidade plena, só a alcança quem tiver ALMA portista!
    

   
   
 

quarta-feira, maio 26, 2010

JESUALDO FERREIRA: UM SENHOR!


)
           «Depois de quatro anos vividos de forma intensa, entendendo as regras de jogo em que treinadores e clubes se movimentam e tendo em atenção o facto de o FC Porto ter tido, pela primeira vez na história, o mesmo treinador durante quatro anos, concluímos, em conjunto, que seria melhor terminar a nossa ligação. Desta forma, o clube pode ter a liberdade que lhe assiste de configurar o seu futebol com ideias diferentes. A minha saída do FC Porto pautou-se pelos mesmos princípios com que entrei no clube. Poderão parecer palavras de circunstância, mas quero deixar aos adeptos do FC Porto, em primeiro lugar, o meu sentido respeito pela forma apaixonada com que os senti ao longo destes quatro anos. Tiveram uma participação decisiva em tudo o que alcançámos. Quero também expressar a gratidão pela administração e, em especial, pelo presidente. Creio que essa gratidão se notou em todos os comportamentos que tive no FC Porto. Sem poder cumprimentar pessoalmente todas as pessoas que comigo colaboraram directa ou indirectamente, quero deixar a todos um forte abraço. Em relação a todos os departamentos como comigo trabalharam no dia-a-dia, as palavras que melhor retratam são: obrigado pela competência! Finalmente, os jogadores… Durante quatro anos, partilhámos grandes alegrias e alguns, poucos, momentos infelizes. Guardo de todos o sentimento do dever profissional e do espírito de equipa que dedicaram ao FC Porto. A todos eles e àqueles dos quais não tive oportunidade de me despedir quero dizer que vou ser um treinador e uma pessoa que irá seguir as suas carreiras. Desejo-lhes a maior sorte do Mundo. Pegando nas palavras do presidente na altura da despedida, também eu sinto poder dizer que estarei sempre disponível para o FC Porto.»

VIRADO AO N

            PORTUGAL, (também) é aqui!
           Não tem emenda esta paupérrima comunicação social, quando se dispõe a conceder algum espaço para tratar as notícias de acontecimentos ou factos que respeitem à instituição Futebol Clube do Porto.
          Veja-se como a Antena 1, abordando o tema da actualidade desportiva do dia, tratava o caso da saída do Professor Jesualdo Ferreira, como treinador do clube do Dragão, que  por ele vinha a ser desempenhado há já quatro anos.
          Não ouvi o programa desde o seu início e, como não sou ouvinte assíduo, nem sequer sei o nome do mesmo nem do locutor de serviço. Era, mais coisa menos coisa, assim: Jesualdo Ferreira e Pinto da Costa não chegaram a acordo nas negociações iniciadas com vista à resolução do contrato, porquanto, o professor não abdica de todas as remunerações devidas até final do mesmo e, deste modo, continua ligado ao FCP, pelo que, não tendo havido entendimento, vão continuar os contactos. O programa, que escutava no carro, estava no ar cerca das 19 horas e trinta minutos.
          Já em casa e percorrendo o espaço da net, dou logo de frente com o comunicado da SAD portista enviado à CMVM, dando conta de que, Jesualdo Ferreira, deixara de ser o treinador do clube de mútuo acordo e num clima de muita cordialidade, tendo o mesmo sido tornado público havia já algumas horas atrás!
          Quer dizer: num assunto da maior actualidade, aguardado pelo país desportivo com maior ou menor interesse mas indubitavelmente notícia, a Rádio Difusão Portuguesa, que subsiste com o dinheiro dos nossos impostos e tem o dever de prestar serviço público, através da Antena 1, mandando às malvas tudo o que a deontologia exige seja cumprido quando ao dever de bem informar os cidadãos, persistia em enganar os ouvintes, embora ocasionais como no meu caso, fornecendo-lhe a comida requentada e fora de prazo.
          Voltamos a falar de regionalização?

 

terça-feira, maio 25, 2010

JOGOS DE PREPARAÇÃO PARA O MUNDIAL DE FUTEBOL


Ronaldo

  
      Muito gostaria de saber quais as verdadeiras razões que estão por detrás da marcação de jogos como o de ontem entre as selecções de Cabo Verde e Portugal. E,se elas são tomadas, como é natural que o sejam, com o objectivo de testar o comportamento de jogadores e a sua capacidade de interpretar o que o seleccionador deles espera nos processos que a equipa irá usar, então por que é que se permite que eles se realizem com a presença de público e a sua difusão pela TV.
      É que, por mais entendíveis que possam ser os argumentos invocados para justificar o que foi presenciado pelos pagantes que estiveram na Covilhã e os que viram o espectáculo até ao fim pela televisão,  esta exposição pública da selecção que vai à África do Sul foi tudo menos encorajadora para alimentar expectativas optimistas e suscitar uma onda de apoio popular capaz de chegar ao interior do grupo.
      Sendo, como é, um conhecedor do fenómeno do futebol seja qual for a vertente que lhe respeite, Carlos Queirós, sabe muito bem que aos adeptos em geral, e também  alguma imprensa que não esconde a sua antipatia pelas suas decisões, por serem contrárias aos seus próprios interesses, relevam muito pouco as questões técnicas, mesmo que justificadas  e compreensíveis para quem nele confia, ou percebe alguma coisa da preparação duma selecção, focando o seu contentamento ou desencanto no resultado final traduzido em golos marcados e sofridos como de um jogo oficial se tratasse.

sábado, maio 22, 2010

A CRIATURA SUPLANTOU O CRIADOR.

Mourinho y su orden dan el título al Inter
           MILITO E MOURITO... comeram Van Gaalito!

                        BAYERN MUNIQUE, 0 - INTER, 2
                                      (Golos de Milito)
           Em Madrid, a equipa italiana do Internazional de Milão, comandada por JOSÉ MOURINHO, sagrou-se com inteira justiça, Campeão Europeu do ano de 2010.
           O antigo aluno de Van Gaal no Barcelona suplantou em todas as vertentes do jogo o seu antigo mestre e actual responsável pela equipa de Baviera, cuja prestação ficou muito àquem do que seria legítimo esperar da equipa germânica. Ficou demonstrado que a final merecia um Messi e um Guardiola.
            Milito, foi o grande match man pela obtenção dos golos que fizeram o resultado. Mourinho, numa noite perfeita, é mesmo o MELHOR treinador da actualidade.
            Moratti, o Futebol Clube do Porto rejubila de contentamento pelo facto de Quaresma fazer parte do plantel campeão da Europa. Quanto ao cheque...a gente espera!
     

DOMINGOS PACIÊNCIA: O FUTURO É DELE!

   

    
            Ainda aqui não foi prestada a devida homenagem a Domingos Paciência, o actual treinador do Sporting Clube de Braga, o vice-campeão nacional da época de 2009/2010.
            Depois de uma brilhante carreira como futebolista o antigo prodígio do Futebol Clube do Porto iniciou-se na espinhosa função de treinador ao assumir responsabilidades nas camadas jovens e na equipa B do clube onde sobressaiu, seguindo posteriormente para Leiria e, em seguida, para a Académica de Coimbra onde, mercê dos excelentes resultados ali conseguidos, António Salvador, o dinâmico presidente dos bracarenses, o contratou para o comando da equipa minhota.
            Com os parcos meios de que dispôs e as limitações decorrentes da interioridade a que estão votados os clubes da província o talentoso Domingos Paciência provou, de forma absolutamente irrefutável, ser dotado de capacidades inatas e profissionais que permitem considerá-lo dos melhores entre os mais consagrados técnicos nacionais, como ficou provado o segundo lugar que a sua equipa obteve, a escassos cinco (!!!) pontos do campeão anunciado, numa luta desigual disputada até à última jornada, dentro e fora das quatro linhas.
             Sendo um valor confirmado, não é difícil de prever que a ascensão de Domingos Paciência está muito longe de se ter esgotado nos sucessos já conseguidos. Não causará, por isso, uma grande surpresa que a empatia existente entre ele e o Clube onde cresceu venha a coroar uma carreira à altura das suas imensas capacidades, com proveitos recíprocos.
             O futuro é, DOMINGOS PACIÊNCIA.

sexta-feira, maio 21, 2010

A SORTE TAMBÉM FAZ OS GRANDES TREINADORES.


 
      
             Não há treinadores imbatíveis e, Mourinho, também não é. Ganha muitas vezes mas não poderá ganhar sempre.
            Ganha porque faz bom uso dos recursos que lhe confiam, trabalha muito e é competente. E tem sorte.
             E vai precisar dela já amanhã, quando tiver de enfrentar um dos seus mestres, Van Gall, uma raposa sabida e matreira, que não vai tirar debaixo de olho o audaz e bem sucedido Il speciale, ex.-Spacial One.
             Van Gall não é um qualquer e tem argumentos. Conhece Mourinho, esteve atento ao jogo de Barcelona e dispõe de uma máquina afinada com peças de tecnologia germânica. Chamartin não será Nou Camp e o   putativo substituto de Pellegrini no Real Madrid não vai estar à espera que o apoio dos madrilistas baste para dar ao Inter a vitória. Este jogo, tão grande, não cabe nos 45 metros do relvado e não comporta duas mãos. Não há alternativa ao todo do tabuleiro verde. Tem que ser decidido aqui e agora.
             E se a sorte virar as costas aos audazes, para contrariar o aforismo tantas vezes invocado, e a jogada que podia dar o acesso ao Olimpo levou a bola ao poste e não foi golo, o que até hoje é bestial, amanhã, não passará de uma grande besta!
           

TREINADOR? SÓ DEPOIS DO FIM DE SEMANA.

             Não vejo como se poderá saber a curto prazo qual vai ser o treinador que substituirá o professor Jesualdo Ferreira no comando técnico do FCP., a partir da próxima época.
             Com o presidente Pinto da Costa no Brasil, em gozo de férias, de acordo com o que foi divulgado na sempre muito bem informada comunicação social no que à vida particular do nosso Presidente diz respeito e o, ainda, técnico JF em Madrid em representação do clube no encontro dos melhores treinadores da Europa e para assistir à final da Champions League, no Santiago Bernabéu, não vislumbro qualquer hipótese do comunicado a enviar à CMVM possa ser feito antes da próxima semana.
              Aconselho, por isso, a todos os impacientes e ávidos prosélitos portista que evitem o desgaste das unhas e aguardem com a maior calma as notícias por que tanto anseiam. O tempo está óptimo para uma boa passeata ou caminhada e, no regresso a casa, já aliviados do stress da semana, passem pelo blogue RENOVAR O PORTO (http://renovaroporto.blogspot.com/), e relaxem ao som da excelente música que o bom gosto de Rui Valente tem para nos oferecer neste fim de semana.

quinta-feira, maio 20, 2010

O FAVORITO DO REGIME.

            Ainda que não seja muito demorada uma passagem de olhos diária pelo jornais, televisões e internet, não se pode fugir às referências que em todos aqueles meios de comunicação são feitas regularmente à instituição Sport Lisboa e Benfica. E, tal constatação não é de agora.
            Desde que me conheço, como indivíduo aberto ao conhecimento das coisas, sempre constatei o   privilegiado tratamento preferencial, o desvelo de uma "boa imprensa", em tudo o que pudesse promover e elevar o clube lisboeta ao topo das glórias desportivas do nosso país, ainda que isso implicasse desvalorizar, mesmo denegrir ou ostracizar, tudo o que outros iam conquistando, dentro e fora de Portugal. Mesmo no campo político, embora disso apenas só em idade adulta tivesse consciência, o Benfica atravessou os longos quarenta anos do  dito domínio fascista como a "equipa do regime", vangloriando-se pelo mundo de ser o único clube com atletas nacionais não obstante integrarem a equipa cidadãos oriundos das então colónias portuguesas, designadamente Angola e Moçambique.
            Os jornais centralistas de Lisboa, com larguíssimo realce para o jornal "A Bola", vestindo sem qualquer pudor uma camisola vermelha aos seus seleccionados colaboradores, tornaram-se fervorosos vendedores da marca Benfica, valorizando não apenas o que a grandeza do feito requeria mas, da mesma forma, o mais insignificante e trivial acontecimento que lhes respeitasse.
            Foi naquela situação de desigualdade que os chamados clube da província, designadamente o Futebol Clube do Porto, tiveram que lutar tendo, mesmo numa situação de desleal desvantagem, suplantado qualitativamente e ficado muito perto em número, de êxitos desportivos do predilecto e incensado SLB.
            Os tempos de antena e os espaços de outros media que foram, e continuam a ser, dedicados à recente conquista da Liga pelo clube da Luz, e que nem de longe nem de perto, foram anteriormente concedidos a outros campeões, entende-se muito melhor se se souber que eles foram produzidos, não apenas em função do mérito da vitória obtida, mas, em primeiro plano, na perspectiva do retorno económico que se espera ver retribuído pela massa popular que eles ajudaram a engordar.
           Quando não é o Benfica que promove no estrangeiro qualquer iniciativa de propaganda junto das comunidades emigrantes ou participa em torneios prestigiados ninguém, por mais que se empenhe, obtém uma citação na comunicação interna uma referência compatível com o acontecimento. Mas se for a actual versão diplomática do regime democrático a levar uma embaixada  a um país emergente do outro lado do mundo, tendo como estrela mundialmente conhecida já não o desgastado Eusébio das glórias passadas mas o astro fulgente dos sucessos recentes, Nuno Gomes , como agora se viu em Timor onde, ao que parece, é ainda mais fácil arrebanhar adeptos para o clube da águia vitória do que foi, no tempo dos descobrimentos, converter os povos pagãos ao cristianismo, então é cacha digna de primeiras páginas e abertura de telejornais.
           Como é sui generis este "cantinho à beira mar plantado"!
          
          
          

quarta-feira, maio 19, 2010

SE ELE O DIZ....

Mou: "Quiero ir al Real Madrid"

Ver vídeo de la noticia
Mourinho asegura en una entrevista exclusiva que puedes leer en las páginas del diario MARCA que su futuro pasa por el Real Madrid: "Quiero ir al Real Madrid al cien por cien ¿Cuándo? No lo sé".
......................................................................................................
E, quanto às hipóteses de Portugal no Campeonato do Mundo...

Mourinho confessa que... não acredita em Portugal.


O treinador português falou ainda sobre o próximo Campeonato do Mundo que terá início no próximo mês de Junho. Para Mourinho “é difícil eleger favoritos”, mas “a Espanha joga muito bem, tal como a Argentina, o Brasil e a Inglaterra”. Sobre as possibilidades da selecção portuguesa, a opinião de Mourinho não é muito animadora: “Portugal tem uma equipa boa com Cristiano Ronaldo, mas não o suficiente para ganhar o Mundial. Nem com Cristiano a mil à hora teriam possibilidades.” Sem querer apostar num vencedor, admitiu que “gostava de ver vencer um jogador” com quem já trabalhou.
(in Público on line, de hoje)

QUEM GOSTA NUNCA ENJOA.

            Com estas conterrâneas por perto, Jesualdo só tem que estar orgulhoso de ser transmontano...




...se bem que, para a nossa idade, a posta mirandesa deva ser mais recomendada. Concorda, professor? Não? Já somos dois...
(foto "gamada" da Playboy)

 

O PROFESSOR "PASSOU-SE".

http://1.bp.blogspot.com/_M6zOzW7L_wo/S_O-5jlhb-I/AAAAAAAAEBA/1AzVdY-CVSY/s1600/Jesualdo.jpg

"Eh pá, vocês não me querem mesmo aqui!"

          (Com esta frase, o professor Jesualdo Ferreira, "acertou contas" com a "livre e isenta" imprensa desportiva do nosso país, após a conquista do seu sexto troféu alcançado enquanto treinador do FCP).

domingo, maio 16, 2010

CHAVES ABRIRAM NA PRIMEIRA PARTE

            Em Oeiras, Estádio do Jamor:


 FUTEBOL CLUBE DO PORTO, 2 - DESPORTIVO DE CHAVES, 1
                                        (ao intervalo: 2-0)
            A 15ª Taça de Portugal vai ficar no futuro museu a construir no Dragão no decorrer deste mandato do presidente Pinto da Costa. É a segunda consecutiva do professor Jesualdo Ferreira ao serviço do clube e o sexto de toda a sua carreira.
            Breves referências ao jogo: pelos critérios de Jorge Sousa no último jogo no Estádio da Luz, o Desportivo de Chaves não poderia disputar a segunda parte por não poder contar com o mínimo legal de jogadores.
            O Futebol Clube do Porto esteve na segunda parte como estão as equipas de matraquilhos nos varões das mesas desse jogo.
            Pedro Gel (de ingénuo branco vestido) não teve sorte no lance da primeira parte quando deixou passar o pé em riste do flaviense nem o seu gesto a pretender controlar com a mão a bola devolvida pelo poste. Teve mais sorte no golo de Clemente, porque o seu ajudante da tribuna, vendo tanto quanto ele, ficou indiferente às "tropelias" (palavra catita do palrador TVI) do ardila do Chaves e intuiu que o toque com a mão para ajeitar o esférico era a brincar.

            Sinopse final: hoje, o meu clube foi o espelho da época e o Bruno (Washington) Alves o menino birrento que não gosta de estar na escola porque a professora não consente que mastigue nas aulas as chicletes que o papá lhe dá.
            Para o ano, há mais.

sábado, maio 15, 2010

JORGE NUNO PINTO DA COSTA: "NÃO HÁ PAI!" PARA ELE.


Pinto da Costa (foto ASF)
 
Jorge Nuno Pinto da Costa foi hoje reconduzido na presidência do FC Porto para o triénio 2010/13, por «98 por cento dos votantes» que participaram no acto eleitoral, segundo dados revelados pelo clube.
20:49 - 15-05-2010

(in aBola on line)

AGORA NO ANDEBOL.


Andebol

FC Porto renovou título

O FC Porto revalidou o título de campeão de andebol, depois de vencer o ABC, em Braga, por 25-37. Os dragões precisavam apenas de uma vitória nos últimos quatros jogos para ganhar o campeonato e conseguiram-na à primeira tentativa.

sexta-feira, maio 14, 2010

NOVO COMUNICADO (PIRATA) DO SLB.

            1. Como forma de tranquilizar os muitos milhões das nossas mui crédulas e devotas ovelhinhas vimos, por esta única forma, dar conhecimento de que Sua Eminência, saiu ileso da sua passagem obrigatória  pelo vetusto Condado Portucalense, cujo povo bárbaro e belicista, laico e anticlerical e, mais do que tudo isso, mui pagão como é prova a sua  aversão ao culto da nossa mui idolatrada e milagreira ave Vitória, e voa agora pelos céus a caminho de Roma, aliviado e livre de perigo.
            2.(Censurado)
            3.(O mesmo)
           

quinta-feira, maio 13, 2010

PERFÍDIA VERMELHA.

Estádio Nacional volta a receber final da Taça (foto ASF)
O Benfica publicou esta quinta-feira um comunicado no seu site oficial, onde apela para que a final da Taça de Portugal, entre FC Porto e Chaves, domingo, no Estádio Nacional, "decorra num clima de absoluta normalidade". O clube da Luz recorda os "acontecimentos negativos que recentemente marcaram a Liga portuguesa", mas sublinha que "nada pode justificar uma escalada de violência assente em represálias de qualquer tipo que apenas serviriam para prejudicar o futebol".
............................................................................................
         O "osso" ainda está instalado na vossa garganta. Para acrescer ao banho de bola, de dez contra catorze, e a goleada do Dragão, ainda falta ter de "gramar"  o assalto dos portugueses a Oeiras.
         Fracos actores para encarnar o papel de bombeiro incendiário...

OLHA SE ELES FOSSEM BONS!

 
http://1.bp.blogspot.com/_R62Bujl8OFs/S-ABtfahoTI/AAAAAAAAAyQ/2DA7EPLZ9AY/s1600/ap%C3%B3stolos.jpg
Arbitragem

33 mil para Carlos Xistra

Hoje
A presente época rendeu a Carlos Xistra um total de 32 943 euros (média de 3660 euros/mês), o valor mais elevado recebido por um árbitro português.
Sem contabilizar jogos internacionais, este funcionário público de 36 anos, dirigiu 32 jogos, 27 como árbitro principal, 14 deles na Liga, oito na Honra, três na Taça de Portugal um na Taça da Liga e esteve ainda como quarto árbitro por cinco vezes.
Pela presença nestes encontros, o juiz albicastrense obteve 28 943 euros, mas o montante sobe para quase 33 mil euros devido ao subsídio mensal de treino (400 euros, de Agosto a Maio).
Liga paga 1188,1 euros por cada jogo da Liga, 831,67 por partidas da Honra enquanto os quartos árbitros recebem um quarto destes valores.
A apenas 191 euros de Xistra, surge o bancário Duarte Gomes , enquanto Jorge Sousa ganhou menos 611 euros. Na última posição da lista, está o agente da PSP Luís Catita, que amealhou 24 138 euros.
Em média, os 25 árbitros da I categoria receberam 29 193 euros (cerca de 3243/mês). Valor que Olegário Benquerença - o único juiz que vai estar no Mundial - não atingiu; 28 203 euros.
(in DN online)


 

TAMAGNINI NENÉ, PARABÉNS!

      
http://www.zerozero.pt/img/jogadores/21/11721_nene.jpg  Não sou íntimo de Tamagnini Nené, mas tenho o gosto de o conhecer pessoalmente e, por alguns breves momentos, ter tido a oportunidade de com ele conversar.
           Também conheço a família de que ele faz parte por afinidade e, sempre que o seu cunhado Aires e a sua esposa, residentes em Lisboa, aqui se deslocam, é com muito gosto que mantenho com eles uma conversa da maior cordialidade e total simpatia.
           Pelas razões que se depreendem, segui sempre com particular atenção a carreira do Nené e a sua impecável postura como homem e atleta de eleição, o seu virtuosismo e elegância, a  humildade nos momentos de glória, a sua afabilidade e irradiante simpatia e a simplicidade com que tratava os amigos que com ele privavam quando estava entre nós em gozo de férias.
           Teria gostado de o ter visto com a camisola do clube da minha simpatia caso tivesse havido sucesso na abordagem que lhe foi feita nesse sentido.
           Como neste espaço, muitas vezes, realçamos aspectos  que, tendo como causa próxima as divergências profundas entre o Sport Lisboa e Benfica e o Futebol Clube do Porto e, concomitantemente, contrapõem as suas massas de adeptos nem sempre de forma mais comedida, concedo, não me constrange ter de felicitar Nené e toda a sua família e, bem assim, os benfiquistas em geral que se revejam nos princípios da sã convivência e respeito mútuo devidos às DUAS grandes instituições do desporto nacional, pela brilhante conquista do Campeonato da Liga de Futebol de 2009/2010.
       

terça-feira, maio 11, 2010

ASSIM SE FAZ UM CAMPEÃO!

http://renovaroporto.blogspot.com/

 Com a devida vénia, transcrevo do blogue RENOVAR O PORTO (GAIA), da autoria de Rui Oliveira, os seguintes dados estatísticos com interesse para avaliação do mérito da vitória dos novos campeões nacionais de futebol.

terça-feira, 11 de Maio de 2010


Dados que são irrefutáveis!

Os novos campeões nacionais, trabalharam bem para o ganharem e merecem.

Objectivamente, o registo dos melhores momentos:
Cardoso - melhor marcador de penaltys em Portugal
Em 30 jogos, 12 desses jogos foram em maior superioridade numérica em campo
Dia 23.08 - Guimarães - Benfica (expulsos Nuno assis e Fávio Meireles
Dia 26.09 - Benfica - Leixões (expulsos Nuno Silva e Pouga)
Dia 26.10 - Benfica - Nacional (expulsos Patacas e João Aurélio)
Dia 31.10 - Braga - Benfica (expulso André Leone)
Dia 12.12 - Olhanense - Benfica (expulsos Djalmir e Miguel Garcia)
Dia 17.01 - Marítimo - Benfica (expulsos Olberdam e Robson)
Dia 02.03 - Benfica - Leiria (expulso Elias)
Dia 02.06 - Setúbal - Benfica (expulso Neca)
Dia 13.02 - Benfica - Belenenses (expulso Bruno Vale)
Dia 24.04 - Benfica - Olhanense (expulso Delson)
Dia 02.05 - Porto - Benfica (expulso Fucile e ... Jesualdo)
Dia 09.05 - Benfica - Rio Ave (expulso Wires)

Total - 17 jogadores expulsos em 12 jogos ... em 30 possíveis. (40%)
Cerca de 420 minutos em campo SEMPRE com, pelo menos, MAIS UM JOGADOR.

Nota do RoP:
Estes factos, em si mesmo,  não justificam a época irregular do FCPorto com as consequências que sabemos, mas que são vigarice grosseira, isso é inegável. Factos, são factos. E túneis, também...

sábado, maio 08, 2010

HÁ SURPRESAS, NÃO HÁ?

Ténis

Estoril Open: Frederico Gil na final, um feito inédito para o ténis nacional

por Agência Lusa, Publicado em 08 de Maio de 2010  |  
in Jornal I on line


Belenenses bate Benfica no prolongamento e conquista Taça de Portugal

IN NOMINE

http://www.seeklogo.com/images/S/Sporting_Clube_de_Braga-logo-9242802C6F-seeklogo.com.gif     
                                                   

Em nome:


                   - da LUTA DOS MAIS FRACOS CONTRA OS MAIS FORTES
                   - dos FILHOS DE "UM DEUS MENOR" DOS  MEDIA SUBALTERNIZADOS

                   - da JUSTIÇA CONTRA A INJUSTIÇA
                   - da COMPETÊNCIA
                   - da HONESTIDADE
                   - do MÉRITO
                   - da HUMILDADE CONTRA A ARROGÂNCIA


                   - da V-E-R-D-A-D-E  DESPORTIVA,

PARABÉNS AO CAMPEÃO NACIONAL DE FUTEBOL 2009/2010


                       SPORTING CLUBE DE BRAGA!

http://farm4.static.flickr.com/3314/3500933077_2f7ed8c339.jpg

sexta-feira, maio 07, 2010

SÓ FALTA UM TÚNEL


           Anda no ar um clima de nervoso miudinho, uma ansiedade mal disfarçada, um arrefecimento da euforia dos adeptos do clube da Dona Vitória, após a frustração da derrota no palco do Dragão, no domingo passado, difícil de esconder.
           As bandeira foram enroladas, os cânticos secaram-se na garganta apertada e a euforia da ida para a festa resultou num humilhante regresso à mouraria, de rabo entre as pernas.
           A escabrosamente parcial media alfacinha, tão descuidada em disfarçar a tinta vermelha das suas páginas vendidas ou as câmaras de um só olho, esperando colher os lucros da galinha gorda que, tão porfiadamente, alimentaram ao longo deste campeonato dos túneis, dos árbitros freteiros e pavões justiceiros, tiveram que reformular os textos laudatórios com que esperavam alimentar a reserva índia dos seis milhões e esperar por melhor oportunidade.
           A imprudência mata. Menosprezar o adversário pode ser a morte do artista. Por isso, só agora tendo dado conta de que, para além do Futebol Clube do Porto, há ainda uma outra equipa apenas a três pontos do título de campeão, o Sporting Clube de Braga, a castanha doce pode rebentar no bico da Dona Vitória e o Ave, mesmo que seja rio, pode não estar disposto a fornecer a água para apagar o incêndio mas a gasolina para melhor arder...e o Nacional, cuja palavra se ajusta a campeão da Liga, pode bem vir a fornecer a madeira para a fogueira onde arderá ...o Bom Jesus!
          
         
      

quarta-feira, maio 05, 2010

SÃO, MAS O DRAGÃO NÃO É RETRETE!

             Para ser expulso do banco em dois jogos seguidos, Jesualdo Ferreira, que nunca o tinha sido em toda a sua já longa carreira, deve ter sentido algo de muito irritante que o incomodou seriamente, a ponto de não ter resistido a desabafar, pudicamente, ao ouvido de um dos elementos da equipa de arbitragem a actuar perto da sua área de manobra, a razão do seu desagrado.
             É habitual, em situações em que os responsáveis das equipas se julguem desfavorecidos pelo mau trabalho dos árbitros vê-los, de muitas e variadas formas, mas sempre exuberantes nos gestos e tom de voz, a expressar o seu desagrado. Por isso, me surpreendeu a discrição com que o "velho" Jesualdo saiu do seu posto e, perto do ouvido do surpreso aprendiz de árbitro, lhe fez chegar as palavras que o visado não estava à espera. -Desculpe, vão fazer m.... para outro lado. Já não posso suportar mais este cheiro, vocês

                "SÃO UNS CAGÕES" !
Crianças japonesas brincam com lutadores de Sumo
ESTA TERÁ SIDO A FRASE QUE EXPULSOU JESUALDO!

ÁRBITROS, PRECISAM-SE!

http://1.bp.blogspot.com/_R62Bujl8OFs/S-ABtfahoTI/AAAAAAAAAyQ/2DA7EPLZ9AY/s1600/ap%C3%B3stolos.jpg
            Não alimento grande esperança de que o próximo jogo, no estádio da Luz, entre o clube de Dona Vitória e o Rio Ave, tenha árbitro. O mais provável é que o encontro, que tem características de poder valer o título de campeão, terá a dirigi-lo, em vez de um juiz, um freteiro da categoria dos que para ali o "patrão" costuma arranjar, com o sucesso conhecido.

             Bem pode o sensacional clube da ex-reserva índia bracarense alimentar o sonho de terminar no topo. Sonhai, que sonhar é fácil, Domingos Paciência e povo de Braga, agora liberto da idolatria do Deus pagão. Alimenta essa ingenuidade de que o jogo está limpo, que as regras não estão viciadas e acredita que, quando o homem quer, a obra nasce. Reza, pode ser que sejas agraciado com a nomeação de um árbitro.
             Conheces algum?

terça-feira, maio 04, 2010

ROGÉRIO GONÇALVES DE REGRESSO À FIGUEIRA?

          
            Rogério Gonçalves poderá regressar à Figueira da Foz para suceder a Inácio no comando técnico da equipa da Naval, segundo foi divulgado, hoje, no jornal "O Jogo".
            Aprígio Santos,  presidente do clube figueirense, terá admitido no decorrer de uma confraternização onde se celebrava a carreira da Naval na época que agora termina, a sua intenção de contar com o treinador responsável pela entrada do clube na primeira Liga, há alguns anos atrás, a partir da próxima época.
            A Académica de Coimbra foi a última equipa treinada por Rogério Gonçalves, tendo cedido o lugar a André Vilas Boas no decorrer deste campeonato, não tendo a partir de então estado ligado a qualquer outro clube. Entretanto, julgamos poder avançar que o treinador vianense, poderá estar de saída para o estrangeiro no caso de ceder às aliciantes propostas que lhe chegaram nesse sentido.