quinta-feira, junho 30, 2011

CALENDÁRIO DOS JOGOS DA LIGA 2011/2012

Jornada nº1

JogoDataHoraTV


Feirense | Nacional14/Ago16h00

Marítimo | Beira-Mar14/Ago16h00

Sporting | Olhanense14/Ago16h00

Rio Ave | Braga14/Ago16h00

V.Setúbal | P. Ferreira14/Ago16h00

Leiria | Académica14/Ago16h00

G.Vicente | Benfica14/Ago16h00

V.Guimarães | Porto14/Ago16h00


                           (Clicar em cima da imagem para aumentar)

terça-feira, junho 28, 2011

BASTA! QUERO É VER A BOLA ROLAR!

      


              Este tempo do defeso "futeboleiro" é, para mim, um verdadeira estopada. É um tempo em que o futebol, ao arrepio da sua autenticidade e natureza, é "jogado" nas páginas dos jornais e canais de TV, à porfia a fazerem manchetes onde se pretende vender ilusões, se converte chumbo em ouro tão mais facilmente que um alquimista experimentado pela acção dos manegers do negócio à comissão, das entrevistas plagiadas, nas palavras e no conteúdo, das promessas repetidas dos milhões que hão-de pagar os messias pelo "fenómeno" descoberto na recôndita China, dos presidentes "este ano é que vai ser", só há que competir para o título de 2º classificado no campeonato porque o primeiro já tem dono, o Falcao talvez, o Falcao fica, o Hulk é caro, o Pinto não acha,  o Abramovich, sim, o petróleo aumenta, o russo vai acordar bem disposto,  a conta cresce, o "Libras" aproveita (ai, não...), p_ _ _ que o p_ r _ _, o Coentron anda com o cabelo cada vez mais loiro e arrepiado, o Cana Alta jura que quer ficar, el Conego espera ainda que um caçador  acerte no tiro, o Nuninho (surpresa!...) acolheu-se ao Bom Jesus hoje, chegou mais um contentor de fenómenos para o "mais melhor bom clube" do planeta (e arredores), os "Viscondes" têm cada vez mais Paciência... porra, acabem com essa merda de uma vez e....

           ...vamos mas é JOGAR FUTEBOL!

              ...da-se!

          

sábado, junho 25, 2011

IVIC.

 [Tomislav+ivic.jpg]
            
            IVIC (Tomislav), foi querido no seio dos adeptos do Futebol Clube do Porto. Granjeou simpatia e retribuiu em títulos, nacionais e internacionais,  aumentando e valorizando a História do Clube que o acolheu como nenhum outro.
            Pela lei da vida "é finito", na expressão que proferiu num momento especial da sua vida de treinador, aos 77 anos.

            Uma perda e (também) já uma saudade.

             OBRIGADO, IVIC!

          

sexta-feira, junho 24, 2011

O GOSTO DE CHUPAR O PAU DO GELADO.

os-melhores-gelados-deste-verao
          Dou-lhes a minha palavra que, no momento em que escrevo estas linhas, estou a sorrir. Querem saber porquê? Pois eu digo: vou-me apercebendo, à sucapa, nas conversas à mesa do café ou em rodas de amigos onde as meias palavras levam a ilações inteiras, que a súbita substituição do treinador do Futebol Clube do Porto constitui um forte  handicap para os frustrados adeptos do Clube da Dona Victória, prevendo eles que saindo o vitorioso conquistador da última época, o seu (deles) calvário de insucessos e decepções insuportáveis terá chegado ao fim. Daí o esgar irónico, a gozar um fracasso que há-de acontecer, que lhes noto na boca húmida da baba do desejo...
      
          Pobres coitados, incapazes de aprender com a história. Só nos facilitam a vida, a nós FCPorto, estes obstinados, cegos, obtusos e incompetentes saudosistas de sucessos passados, que são incapazes de admitir que somos o MELHOR CLUBE DE PORTUGAL e que isso quer dizer, como se lê na história, que somos diferentes na competência, organização e superação de vontade, pelo que a substituição de uma peça da máquina trituradora, por mais relevante que seja a função atribuída, terá sempre uma substituição equivalente para se ocupar do trabalho que a outra desempenhava sem perda de qualidade e produtividade.

         Se soubessem ler o que os jornais escrevem, teriam dado conta de que Vítor Pereira não tem nada a ver com arbitragem, pelo contrário, é um  técnico de futebol qualificado academicamente, experiente, com provas dadas, que conhece ao pormenor o clube que vai orientar, um plantel que também se identifica com a sua personalidade e, acima de tudo, É UMA ESCOLHA AVALIZADA DE JORGE NUNO PINTO DA COSTA, que preside a uma estrutura das mais sólidas e eficientes DO MUNDO!

         Há motivo para tanto regozijo? Eles saberão. Para nós, portistas, razão de alegria nunca seria, certamente, saber que a Dona Victória tinha despedido o" fabuloso" Jesus...que Deus conserve!

         

      

terça-feira, junho 21, 2011

FOI!

Vítor Pereira apresentado sem dramatismos
Vítor Pereira e Pinto da Costa cumprimentam-se ( lusa)


             Fiz a aposta com a convicção de que seriam reduzidas as hipóteses de a vencer. No fundo, era apenas uma maneira de ganhar tempo para obter a confirmação do facto consumado, que, não se deseja mas não temos maneira de impedir. O impacto foi de grande amplitude, à escala máxima dos abalos telúricos mas, passados que foram os efeitos das primeiras ondas de choque, a terra serenou e a acalmia restabeleceu-se sem que se tenham verificado estragos significativos.
             André Villas-Boas apareceu no Futebol Clube do Porto como um cometa deslumbrante, com um brilho tal que o mundo azul e branco andou seis meses a olhar para o firmamento ofuscado pela luz que irradiava da sua cauda de poeira incandescente, nem querendo saber que os fenómenos desta natureza têm tanto de efémeros como fortuitos. Como um mago da prestidigitação, conseguiu na sua primeira época no Clube (e, praticamente, na carreira de treinador) construiu um equipa pouco menos que imbatível, vencedora em todas as competições em que prioritariamente entrou com o objectivo de as ganhar, arrasadora para a concorrência emudecida pela falta de argumentos perante a evidência comprovada.

              Contribuiu, de forma inequívoca, para uma das mais gloriosas páginas da história do Futebol Clube do Porto.

              Sendo um confesso simpatizante do Clube azul-e-branco os seus êxitos eram duplamente festejados o que lhe conferia uma estima acrescida no seio da família portista. A afirmação; à chegada, de que tinha conseguido aceder à sua "cadeira de sonho", foi glosada à exaustão e os adeptos orgulhavam-se dela.

              Depois de tudo o que foi vivido em tão reduzido espaço de tempo, não é fácil aceitar sem mágoa aquilo que, à primeira análise, se pode confundir com uma traição. André Villas-Boas, cedeu ao chamamento dos seus interesses materiais, terá abafado as razões profundas que o seu coração lhe ditava e "vendeu" o sonho que, há muito, tinha sonhado.

              Compreende-se, a decisão mas não é difícil a aceitação. Tudo decorreu de forma legal, sem dúvidas ou quezílias e a entidade onde prestava os seus serviços foi ressarcida da compensação indemnizatória. É o funcionamento normal da indústria futebol e mais uma estocada fatal no amor à camisola de tempos idos de que, actualmente, já poucos restam vivos para o atestar.

               De tão rápida que foi a escolha de Vítor Pereira para ocupar o cargo de técnico principal do FC Porto, não me ficam quaisquer dúvidas de que as suas qualidades há muito são reconhecidas no seio da estrutura portista. Sem hesitação, Jorge Nuno Pinto da Costa confiou-lhe a grande responsabilidade de assumir o comando de uma equipa ganhadora, moralizada, que vai disputar a maior prova do futebol europeu. Aplaudo, sem reservas, esta decisão reveladora da organização que impera no Clube, parecendo denunciar que a alteração era esperada e a nomeação de Vítor Pereira a que melhor satisfará as exigências do lugar.

               O Futebol Clube do Porto continua. Os homens passam...

              

            

segunda-feira, junho 20, 2011

NÃO VAI!

           Esta é a minha aposta: André Villas-Boas NÃO VAI para a Inglaterra, esta época!

sábado, junho 18, 2011

PLATINI É...CHUMBO.

http://porta10a.files.wordpress.com/2010/05/michel-platini.jpg
               
              O "capão" que chegou (sabe-se lá a que preço...) à presidência da UEFA parece ter com o Futebol Clube do Porto um problema mal resolvido. Poderá ser um caso de consciência por ter feito parte da quadrilha que levou para a Itália uma Taça que a arbitragem lhe meteu na mala, quiçá trocada por outra onde as liras, ao tempo, não serviam apenas de instrumento musical ao som das quais não cantavam os cegos mas os poderosos matavam por elas e que os adeptos do campeão português jamais esquecerão. Pode ser, também, algum saudoso inconformismo pelo tempo em que na selecção francesa de que fez parte só jogavam  "meninos" gauleses, brancos e loiros e vê, agora, o galo presunçoso desenhado nas camisolas de genuínos franceses nascidos no berço do "homo sapiens".

             A precipitação do francês havia sido já notória nas declarações produzidas a propósito da tentativa de usurpação do direito de acesso à Liga dos Campeões do lídimo representante português, ao solidarizar-se com os abutres que protagonizaram a maior vergonha até hoje acontecida no futebol luso e mundial, condenando sem provas e antes do julgamento pela instância a quem tinha o direito de julgar e sem valorizar o direito de defesa ao injuriado. Agora, já depois de, perfidamente, ter aplaudido a vitória do Futebol Clube do Porto na Liga Europa e procedido à entrega das medalhas e da Taça, vem criticar o Campeão por ter a sua equipa constituída com muitos jogadores sul-americanos. Espantoso!

             Então, o Futebol Clube do Porto, não é filiado de direito na FIFA? O Inter, que ganhou uma Taça dos Campeões sem um único italiano, o Liverpool, o Man United, o Real Madrid, o Chelsea ou o próprio Barcelona, não estão nas mesmas condições? O Platini, porventura, está informado de quantos jogadores que envergam a gloriosa camisola azul-e-branca e outros que por lá passaram integram a actual selecção nacional portuguesa, e jogam, ou jogaram, nos melhores clubes europeus? Porque tem memória tão curta e nutre tanta aversão por um distintivo que luta, e vence, em circunstâncias tão desiguais, esta figura ridícula, esta caricatura de dirigente desportivo com responsabilidades de tratar em equidade todos os filiados no organismo que tutela?

              Este Platini é mesmo de chumbo. É metal impuro. Só mesmo para a sucata.


            

           

sábado, junho 11, 2011

A BOA IMPRENSA (5)

  
              O orçamento do Futebol Clube do Porto para a próxima época é o tema de destaque do desportivo "O JOGO", de hoje. "95 MILHÕES PARA ATACAR A EUROPA", é o título da peça que mostra Angelino Ferreira numa fotografia a meio corpo a dar conta dos objectivos que se pretendem atingir com o maior orçamento do futebol português. Vem na 2ª página.

       A capa do periódico desportivo que mais cresce em Portugal dá destaque a FALCAO numa fotografia de página inteira em movimento de ataque à bola. Na orelha, do lado direito, ao cimo, lá está JAMES RODRIGUÉZ, campeão em Toulon pela Colombia e a sua consagração de MELHOR JOGADOR DO TORNEIO. O jogo decisivo contra o Brasil terminou com o resultado de 1-1 e o jovem campeão do FCPorto contribuiu para a obtençao do golo do empate e apontou o primeiro penalti da série que decidiu a vitória no campeonato. À capitão!

      TOMÁS COSTA, anda lá pelo Chile com sucesso e onde está prestes a tornar-se campeão. -"Aprendi com os erros e gostava de voltar", confessa. O contrato ainda perdura e se é como diz...11 de Junho de 2011
 "Lavradores pagos para não produzir". LAVRADORES? 

     "JÓIAS NO COFRE", em letras "gordas" no JN (Jornal de Notícias), para falar de HULK, o melhor brasileiro a actuar fora do Brasil, mas que Mano ignora para a selecção do país de Wilma (ainda é presidenta...?). Quem sabe não seria mais adequado chamar-se NABO Menezes? Ou Mano Scolari, com quem deve ter aprendido... CEM e TRINTA MILHÕES, respectivamente, são as cláusulas que o cofre guarda.

     Dobro a penúltima página e termino a leitura com JÚLIO MAGALHÃES, na sua crónica semanal OPINIÂO, onde se fala da cegueira e ignorância centralista relativamente à realidade do verdadeiro Portugal que somos.
    

sexta-feira, junho 10, 2011

A BOA IMPRENSA (4)

           A habitual hora do passeio matinal que normalmente faço quando o dia começa não foi, hoje, além dos cinquenta e poucos minutos e, mesmo assim, foi necessário algum esforço de vontade para ir tão longe. Apesar da manhã fresca o céu aparecia limpo de nuvens a prenunciar um dia de sol agradável, porém, o chamamento da olhadela aos jornais a saborear a chávena do café sem açúcar sobrepunha-se ao prazer da saudável marcha matinal e a vontade cedeu ao apelo do "vício" de folhear as páginas do jornal ainda a cheirar à tinta fresca da impressão recente.

           A Vânia, miudinha como a petinga mas com uns olhos lindos e enormes como a simpatia que esbanja sem medida, mal me vê assomar à porta solta, prestável e solícita: -café? -...e o jornal, acrescento, por hábito, que ela bem sabe ao que vou ali.


ITURBE, no JN

           Não começo o Jornal de Notícias (JN) pela secção do desporto. Antes de lá entrar "leio" o que ontem aconteceu pelo país, deu especial atenção às notícias regionais e sigo para as páginas dedicadas ao desporto. RADAMEL FALCAO aparece, destacado em fotografia com o Presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, que recebe das suas mãos uma camisola do Futebol Clube do Porto, visivelmente sorridente, desfazendo-se em elogios e agradecimentos pelo prestígio que representa para a Colômbia a sua imagem e a da grandeza do Clube que a promove.

[edobosch.jpg]

           Hulk, mereceu no Brasil o título de melhor brasileiro a actuar fora do país, facto que obviamente, o jornal não deixa de destacar.
http://1.bp.blogspot.com/-Znytl8eU60k/TfDENOr-peI/AAAAAAAAGHQ/W9FIPfBtDb8/s1600/hulk_ojogo_20110609.jpg



           EDO BOCH, o nosso guarda-redes "coleccionador" de títulos de campeão de hóquei em patins concede uma entrevista onde revela toda a sua felicidade por estar a defender o Futebol Clube do Porto e as alegrias sem fim dos triunfos já obtidos, desfazendo-se em elogios para com o treinador Franquelim Pais. De sorriso rasgado e com as taças dos campeonatos ganhos a preencher o fundo, uma fotografia do catalão que reparte o seu amor pelo F.C. Barcelona com uma enorme paixão pelo FC Porto.


         
                  "O JOGO" dá o relevo devido e primordial à equipa que o merece: O Futebol Clube do Porto, mas não deixa de conceder a atenção a outros clubes de acordo com a sua relevância e implantação. Neste períódico desportivo que se vem impondo em todo o território nacional pela seriedade e rigor da sua informação, HULK e GUARIN têm referência especial, o primeiro pelo prémio obtido no Brasil por ter sido o MELHOR jogador brasileiro a actuar fora do Brasil e o colombiano por ter vencido a votação do jornal inglês "Guardian" que elegeu o golo que marcou ao Marítimo, como o MELHOR DO ANO: -"Portistas, o golo do ano é meu!", afirma Fredy Guarin. Parabéns, a nós e a ti, campeão!


          Sérgio Oliveira, o miúdo que esteve a rodar no Beira-Mar e muito promete, apresta-se para mostrar serviço na selecção nacional dos sub-20 para poder merecer a honra de ser treinado pelo André Villas-Boas, na próxima época.




          Destaque, também, para o Pedro Emanuel que, tudo indica, vai ser o treinador da Académica nas próximas duas épocas. Boa escolha a dos estudantes que vai contar com o saber e experiência de um técnico habituado a vencer.



         

          

      

domingo, junho 05, 2011

A BOA IMPRENSA (3)

                   

O Jogo


O Jogo            
                                                    Diário Desportivo "O JOGO"

             O Futebol Clube do Porto continua a fornecer matéria ampla e variada à boa imprensa e o diário desportivo "O Jogo" dá-lhe o destaque adequado na sua edição em papel deste domingo.

              A retumbante vitória do décimo campeonato consecutivo de hóquei em patins pelos Dragões sobre rodas mereceu o título de "DRAGÃO ABSOLUTO" no cimo da 2ª página, que salienta a frase do Presidente Pinto da Costa "Os pilares do nosso sucesso são competência, rigor, ambição e paixão". Declarações, comentários e fotos, documentam mais um momento histórico na vida do FC Porto.

              Larga referência merece também o futebol e CASTRO nas páginas 18 e 19, dando conta da sua experiência nas Astúrias que fala, como não podia deixar de ser, no "seu" Futebol Clube do Porto e a alegria de ter participado na conquista de novo campeonato.
              Na sua proverbial ironia, Pinto da Costa, não perdeu a oportunidade de mandar a sua ferruadazita ao Clube da Dona Victória e, vai daí, "Precisam de muitas taças latinas para ignorarem o nosso pleno". Toma e embrulha.
       
              Destaque maior merece ainda a selecção das quinas e o resultado favorável que nos eleva ao primeiro lugar. Grande reportagem preenche várias páginas.

05 Junho 2011

                                                          JORNAL DE NOTÍCIAS (JN)

              Também não surpreende que o JN escolha do Futebol Clube do Porto para tema do seu noticiário desportivo e contabiliza ONZE títulos até agora conquistados pelos vários escalões e modalidades do Clube azul e branco. "Os factos estão à vista. Só nós falta uma qualquer taça latina", "lamenta-se" Jorge Nuno.

               Villas-Boas faz as delícias da miudagem no Olival, assistindo e convivendo com a pequenada que participou na Coca-Cola Cup, que ele não quis perder antes de partir para férias.
               Ah, e claro, lá vem a saborosíssima crónica dominical do "nosso"  Álvaro Magalhães.
   
               Oh, gente!, não deixem de ler o suplemento "domingo" do JN e vejam só o que a rapaziada do futebol do nosso Clube anda a fazer nos tempos livres. Se ficaram surpreendidos pelo número de "rebentos" que muitos dos jogadores passearam na festa do título no Dragão, preparem-se que alguns mais estão aí a chegar. Rúben Micael, Álvaro Pereira e mais alguns cujo nome me escapa neste momento, vão ser papás pela primeira vez, o madeirense, enquanto o "Palito", e outros, repetem a dose. Campeões, em tudo.

               Fiquem bem, e leiam a "Boa imprensa".


      

BOTAS?

         
              Vou votar, mas do que eu estou a precisar, mesmo, mesmo, é de botas. Como se vê na foto, estas, de tantas vezes já lá terem ido, estão neste belo estado. E, pelo que dizem os políticos, não será tão cedo que terei outras novas. Paciência, já estou tão habituado a estas...

             Já dizia o Solnado: "isto é que vai uma crise."


    "Botar" e "deitar", são vocábulos correntes por estes lados para o acto de participar em eleições.

sábado, junho 04, 2011

PORTUGAL - NORUEGA.


Portugal sobe à liderança do grupo com golo de Postiga
                   Em Lisboa, hoje:
                           
                      Apuramento para o Campeonato Europeu de 2012.
      
                                    PORTUGAL, 1 - Noruega, 0
                                     (Postiga)

           Terminou a primeira parte com o resultado de 0-0. Vida difícil para a equipa de Portugal que, inclusivamente, poderia ter chegado ao intervalo numa posição de desvantagem no marcador.

            A equipa das quinas tem vindo a praticar um futebol ofensivo, colocando muitos jogadores no ataque, mas as triangulações tentadas e, vezes de mais, a colocação da bola por alto na área mostram-se desadequados perante o sistema ultra-defensivo dos noruegueses, claramente a jogar em contra-ataque tentando explorar o espaço que, atrás, a nossa equipa permite.


            Os jogadores têm vindo a trabalhar bastante e a cumprir aquilo que fazem, normalmente, nos jogos das equipas a que pertencem notando-se, por vezes alguns exageros nas jogadas individuais.

            Ronaldo, como sempre que actua na selecção, não tem mostrado o que dele os adeptos esperam e, muitas vezes, consegue nas equipas onde tem actuado.

            O golo pode aparecer a qualquer momento, mas não é certo que seja a nossa equipa a consegui-lo primeiro...

            Acabou por surgir aos 52.30' numa jogada iniciada por Nani no lado direito do ataque português, com o jogador do Man United a tirar dois adversários da sua frente para centrar tenso e, Postiga, ao seu jeito, emendou para a baliza sem preparação para obter um belo golo que premiava a equipa que mais o tinha merecido até ai.

            Em vantagem, a equipa portuguesa iniciou um sistema que privilegiava mais posse de bola e o ritmo do jogo diminuiu porque os noruegueses, ao contrário do que seria normal, embora  tenham esboçado uma reacção para aumentar a velocidade do seu jogo, poucas vezes conseguiram entrar na área da nossa equipa pelo que Fernando não teve que resolver qualquer situação complicada. Só mesmo nos minutos finais, algumas bolas chegaram, por alto, à sua jurisdição mas sem consequências para a nossa baliza.

            Portugal ganhou bem e o resultado poderá pecar por escasso. Não foi uma exibição exuberante e o adversário, embora perigoso,  não mostrou futebol para nos derrotar.

            Do FC Porto actuou Moutinho desde o início e Rúben Micael, como Varela, foram suplentes utilizados. João Messinho fez um excelente jogo, bem ao seu estilo. Não sabe jogar mal. Rúben, jogou cerca de trinta minutos e cumpriu. Varela esteve em campo menos de dez minutos, ficando a ideia de que teria sido útil se tivesse chegado ao jogo um pouco mais cedo, parecendo que o nosso nº 7 tinha as pilhas em déficit.

            Ronaldo ainda deverá, no decorrer da sua carreira que se espera continue ainda por longos anos, vir a fazer um jogo na selecção que se veja, à altura do seu prestígio e valor mundialmente reconhecidos. Certamente que isso nunca acontecerá no Estádio da Luz onde não tem público que o apoie. Acho que tem peso suficiente para impor que seja escolhido outro estádio, ainda que com menos lugares, (hoje menos de 45 mil) mas onde a assistência tem cultura de vitória e sabe como incentivar a equipa que representa Portugal...

           Um árbitro turco era de olhar de lado mas Portugal não saiu prejudicado. E aquele toque "subtil" a pisar o avançado norueguês, dentro da área, poderia ter tido outras consequências...

           Para a história, a selecção portuguesa foi representada por:
  
           Eduardo. João Pereira, Bruno Alves, Pepe e Coentrão; João Moutinho, Meireles e Carlos Martins; Nani, Postiga e Cristiano Ronaldo. Rúben Micael, substituiu Carlos Martins, Silvio trocou com João Pereira e Varela, foi para a vaga de Nani. Do FCPorto, Rolando não saiu do banco.
           Bruno Alves, leva já um  ror de jogos como internacional. Nunca viu a cor de qualquer cartão, o que deve deixar de boca aberta os que o viam jogar de azul e branco. Acreditam?

SURPRESA! SOMOS DECA CAMPEÕES DE HÓQUEI EM PATINS!

                                                    utebol
                                                F
                                                    ábrica
                                                     lube
                                                C
                                                    ampeões

                                                         de
                                                    orto
                                                 P
                                                    ortugal!

                             FUTEBOL CLUBE DO PORTO, 5 - A D Oliveirense, 1
                             DECA CAMPEÃO NACIONAL 

 


                    Arrasador! DEZ ANOS consecutivos a vencer! Invicto em casa desde 2004! Segundo título alcançado no Dragão Caixa!

                      2162 espectadores SORTUDOS festejaram, ao vivo, os golos de:
      
                              1-0, Reinaldo Ventura (gp)
                              2-0, Pedro Moreira;
                              2-1, Tó Neves
                              3-1, Suíssas;
                              4-1, Pedro Gil (gp)
                              5-1, Pedro Gil
                      Reinaldo Ventura não converteu duas grandes penalidades.

                                              Fantástico! Colossal! Portentoso!

                      Jogo muito sério da equipa de Tó Neves, que nunca facilitou a vida aos Campeões, tendo criado excelentes oportunidades de abrir o marcador atirando algumas vezes ao poste e obrigado Edo Bosh a exibir a sua excelente categoria.

                      O Futebol Clube do Porto, no entanto, nunca se enervou e soube criar INÚMERAS SITUAÇÕES de golo que no entanto foram anuladas pelo excelente guarda-redes da Oliveirense, acabando por vencer esta partida sem qualquer margem para dúvidas e pela margem certa.

                       Acabou? Ainda não, temos ainda a Taça para ganhar.

                       ESTE DRAGÃO E MESMO COMO O "SEBASTIÃO"!
              

DRAGÃO ROCK.


              Quer ver esse sorriso aflorar em cada um de vós para receber este dia de Primavera maravilhoso e preparar o rosto com que amanhã vamos enfrentar o dilema da opção para um Portugal melhor.

Boa sorte!

A BOA IMPRENSA (2)

http://4.bp.blogspot.com/-4xSyTHqWlbI/TenbENwEHAI/AAAAAAAAJJg/rBKVD5uT3QQ/s1600/20110604-oJogo.jpg                                           JORNAL "O JOGO"

               "O Jogo" dedica a capa da sua edição norte em papel a RADAMEL FALCAO com  o dianteiro do F.C. Porto numa atitude de contagiante e sã alegria. Nas páginas 2 e 3. o melhor marcador da Liga Europa revela algumas curiosidades sobre a sua vida desportiva e familiar e confirma o nível de qualidade extra dos Dragões. Pronunciando-se sobre o F. C. Barcelona, próximo adversário do FC Porto na super Taça europeia, o herói de Dublin afirma: - "Motiva-me defrontar o Barcelona" e, ainda, "Barça é a Melhor Equipa do Planeta Mas Podemos Vencer". Ah, grande Radamel, quem acredita nunca será derrotado!

                O ITURBE, faz hoje 18 anos e "O Jogo" não deixa de o referir, mostrando o craque em formação com a camisola do F C Porto com o sorriso de uma criança feliz com a prenda que lhe deram.

                Vem depois a referência à máquina sobre quatro rodas que é a nossa equipa de Hóquei em Patins e à possibilidade de, mais logo, pelas 18 horas, conquistar o DÉCIMO título consecutivo. "Cheira bem, cheira a deca", diz o título. Em força, para o Dragão Caixa.

                O basquetebol é outro ponto de referência que o diário desportivo mais completo e rigoroso de Portugal nos oferece, com Moncho López a explicar porque optou por ser treinador do Futebol Clube do Porto. Vem nas páginas, 34 e 35.

               Em grande destaque está também a Selecção de "todos nós", com uma reportagem que preenche nada menos do que 7 páginas, não sendo esquecidos outros clubes, nacionais e estrangeiros, com abundantes referências às novidades que lhes respeitam.

                                                         
                                                 
                                                      JORNAL DE NOTÍCIAS (JN)

                Há, também, no JN uma interessante entrevista do capitão-cantor Helton, dando conta das suas declarações em entrevista a uma rádio de Gaia, onde se destaca a frase "ser F.C. Porto não é só trabalhar, é dedicar-se ao clube". e, como não podia deixar de acontecer, referência ao basquetebol e hóquei em patins portistas, com o merecido destaque como é uso neste importante periódico nacional.

Christian Atsu
             

                  Ontem, não realcei, por lapso, o triunfo da nossa equipa de júniores no Torneio "Blue Stares", realizado na Suíça, tendo vencido o Zurique por 3-0 (em penaltis). CRISTIAN ATSU, o ganês que André Villas-Boas já convocou para trabalhar com a equipa principal, foi considerado o MELHOR JOGADOR DO TORNEIO. ATSU, tem 19 anos e, tal como Messi, e outros que ali participaram antes no mesmo torneio, pode tornar-se numa estrela mundial dentro em pouco.

             

               
              

sexta-feira, junho 03, 2011

ORGULHO DE SER PORTUGÊS!

    
Eduardo Souto Moura  
Eduardo Souto Moura.
 
                  SOU DO PORTUGAL:
                                   - de D. Afonso Henriques
                                   - de Egas Moniz (seu aio)
                                   - de Camões
                                   - de Vasco da Gama
                                   - de Egas Moniz
                                   - do Emigrante
                                   - de Fernando Pessoa
                                   - da Fundação Gulbenkian
                                   - de Amália Rodrigues
                                   - do 25 de Abril
                                   - de Saramago
                                   - de Vieira da Silva
                                   - de Maria João Pires
                                   - de Paula Rego
                                   - de António Damásio
                                   - de Siza Vieira
                                   - de Souto Moura
                                   - do Vinho do Porto
                                   - de Viana do Castelo
                                   - do Sol
                                   - do Mar
                                   - de Jorge Nuno Pinto da Costa
                                   - do Futebol Clube do Porto
                     
                 HÁ OUTRO MELHOR? Se há, digam-me qual é: eu quero ir para lá!
                                   
                                  
                                  
 

A BOA IMPRENSA.

O Jogo

                                                DIÁRIO DESPORTIVO "O JOGO"

              O 11º título de Campeão Nacional basquetebol conquistado pelo FC Porto é objecto de destaque na edição de hoje do jornal "O Jogo" com uma chamada à primeira página e duas páginas interiores (33 e 34) dedicadas ao encontro realizado no Dragãozinho ontem à noite e no qual o clube da Dona Victória perdeu as insígnias de campeão a favor dos Dragões. Fotografias e declarações dos intervenientes dão conta da alegria do triunfo que não esqueceram a importância do apoio que a numeroso público portista presente lhes concedeu.

               O destaque da capa é concedido ao jovem André Villas-Boas, com uma fotografia a encher a página numa atitude típica do treinador tetra campeão de taças numa só época (quatro) para, logo a seguir nas pág. 2, 3 e 4, se inserirem declarações suas e prémios e honrarias com destaque para  a criação de um relógio suíço Franck Muller personalizado pela sua assinatura, com um valor de 19 950 €. Vale mais.

               "Sou mais líder emocional do que mestre da táctica" e "Fui membro dos Super Dragões", frases fortes, para dizer estas coisas bonitas "Cresci adepto do FC Porto, vivi o Clube das mais variadas formas. Infelizmente, não o vivi como desportista porque não tive essa oportunidade nem tinha esse jeito, mas vivi-o como treinador, como treinador das camadas jovens, como treinador-adjunto, como adepto, como membro dos Super Dragões e tenho esse sentimento de que o Porto está presente em mim desde muito cedo, desde que tenho memória".

                 Destaque devido é também dado ao IFFHS da UEFA, que dá conta do 3º lugar que o Futebol Clube do Porto ocupa no ratting internacional, logo a seguir a uns clubezitos como o Barcelona (1º) e Real Madrid (2º), sendo que os Campeões da Liga Europa, Campeonato Nacional e Taça de Portugal para chegar àquele lugar teve que trabalhar e ser mais competente do que os dois que ficaram à frente, tendo gasto muito menos do que eles: 428 M€, o Barça e 450€M, o Real, contra 95€ do FCPorto (orçamento previsto para a próxima época), que participa num campeonato menos valorizado pontualmente do que é o espanhol. Lembre-se, ainda, que fomos por duas vezes nomeados os melhores do mês, tantas vezes quantas o foi o majestoso Real...

                Em caixas individuais, fala-se ainda de Falcao, Castro, Belluschi e Rolando, sem esquecer o óquei em patins e a possibilidade que a nossa equipa tem de, amanhã, na última jornada conquistar o DÉCIMO campeonato seguido caso saia vencedor do encontro a realizar no Dragão Caixa contra a Oliveirense.

                
              

quinta-feira, junho 02, 2011

CAMPEÕES TAMBÉM NO BASQUETE.


  Dragão Caixa:

                    FUTEBOL CLUBE DO PORTO, 86 - SL Benfica, 76
                        CAMPEÃO NACIONAL


             O Futebol Clube do Porto acaba de consagrar-se campeão nacional de basquetebol, arrebatando o título ao SLB, alcançando no Dragão Caixa uma vitória por 86-76, no último encontro da série de sete que as duas equipas tiveram que realizar para ser encontrado o vencedor.

             Perante 2 383 entusiasmados espectadores que encheram completamente o Dragão Caixa, os novos Campeões Nacionais controlaram de princípio ao fim o jogo e o marcador, pelo que a sua vitória foi  clara e merecida e o título alcançado premeia a melhor equipa de basquetebol da actualidade de Portugal.

            Para terminar esta época de Campeões, falta agora vencer no óquei em patins no último jogo que se disputa neste fim de semana no Dragão Caixa, contra a Oliveirense.