segunda-feira, maio 27, 2013

domingo, maio 26, 2013

TAMBÉM TU, AFONSO?

                          QUASE GANHARAM TUDO...

                                              - QUASE GANHARAM A TAÇA DA LIGA
                                              - QUASE GANHARAM A LIGA EUROPA
                                              - QUASE GANHARAM A PRIMEIRA LIGA 
                                              - QUASE GANHARAM A TAÇA DE PORTUGAL

                        E,

                                              - QUASE O TACUARA IA AO FOCINHO AO JESUS
                                              - QUASE O JESUS CONTINUAVA COMO TREINADOR
                                              - QUASE O CLUBE DA DONA VICTÓRIA CONSEGUIA 
                                                 CHEGAR AOS 92' SEM PERDER
                                                 QUASE PORTUGAL MELHORAVA O PIB.

                         ...QUASE O BENFICA NÃO CONSEGUIA CHEGAR AO FIM DESTEJOGO             
                         COM


                         TODOS OS JOGADORES EM PÉ...

            


                         É, SEM MARGEM PARA DÚVIDAS, A EQUIPA DO ANO DO QUASE..


.

                            




sexta-feira, maio 24, 2013

CAPITULAÇÃO NO JAMOR?


FC PORTO OBTÉM JACKPOT MILIONÁRIO NO MÓNACO.

"Monaco-Porto: Accord pour Moutinho et Rodriguez"

James Rodriguez et Joao Moutinho rejoignent Monaco pour 70 millions d'euros. (AFP)

L'AS Monaco divulgou hoje que foi encontrado um acordo com o FC Porto envolvendo 70 milhões de euros pela transferência do internacional português de João Moutinho (26 anos) e do atacante internacional colombiano James Rodriguez (21 anos). O clube português confirmou este acordo no seu site oficial, precisando que o montante da transacção atinge os 70 milhões de euros pela garantia dos direitos desportivos e económicos dos dois jogadores (45 por James e 25 por Moutinho), os quais passaram nos testes a que foram submetidos.

     NUNCA TÃO POUCOS FIZERAM TANTO PELO PIB...



 

quarta-feira, maio 22, 2013

segunda-feira, maio 20, 2013

PORTO VENCE LIMPINHO E DEIXA BENFICA BRANQUINHO.

                            
                               Um "orelhas" tolinho, tolinho, tolinho.
                           

                             Se a águia fosse um mamífero dir-se-ia que, de novo, fica a chuchar no dedo. Contando com o ovo no dito cujo da galinha, cacarejando fora de tempo e atirando para o ar girândolas de fogo de artifício a celebrar festins sem nada para oferecer à família e aos amigos, nada mais tem o Benfica que fazer que não seja curtir as mágoas, lamber as feridas da luta perdida a favor do Dragão estupor, e orar com fervor para não ser enterrado dentro de dias no Vale do Jamor, sucumbindo  ao sofrimento e à dor por não ser capaz de ultrapassar o estigma de perdedor e de novo baquear sob a espada implacável do Henrique fundador!


             Não faltam cabeçudos este ano para as Festas da Agonia, em Agosto.

              
                          Foi o 27º da lista,  com uma goleada de 7 vitórias contra UMA (!!!) do clube da Dona Victória, o mais "MELHOR BOM CLUBE DO MUNDO",  nos últimos oito anos ! Este, foi o terceiro da nova série e o segundo com o "adjunto" pigmeu  Vítor Pereira no comando das "tropas" dragonianas  a enfrentar o "rei da táctica" Golias à frente da legião de seis milhões e tal...responsáveis pela desgraça do PIB em Portugal. (Está f...do o Mexia que vai ter que fazer de cabeçudo, em Agosto, nas Festas da Agonia!).



Cartazes dos dragonzinhos cá da casa com que celebraram, ontem, o TRI.                          

                          Depois de Paços (0-2), seguro e limpinho, até ao Dragão foi um "tirinho", que o percurso é curto e bom caminho. Festão do caraças na Alameda e nos Aliados que os tripeiros no São João também fazem questão de ser sempre os primeiros e com o Pinto da Costa a gozar como lorde, até os deixamos marados.

                         Vêem como é bom acreditar? Então vamos ao tetra!


                        



                            

                             AÍ VAI O FOGUETE. APANHEM AS CANAS!

sábado, maio 18, 2013

O FC PORTO JÁ TEM TREINADOR.

      .
Benfica-FC Porto (02/03/12): Vítor Pereira
                       VÍTOR PEREIRA

      As capas dos jornais desportivos lisboetas de hoje dão como futuro treinador do Sporting Leonardo Jardim, que orientou há alguns anos atrás o Sporting de Braga com alguma notoriedade.

      O técnico madeirense tem sido um nome apontado para substituir Vítor Pereira no comando do Futebol Clube do Porto, a par de outros como Domingos, Rui Faria, Jorge Costa, etc, etc. e, suprema conjectura, a versão futebolística de Fernando Mamede, o catedrático Jorge Jesus.

     Certo é que, sem treinador, o único clube que pode ser tri-campeão ainda nesta época não vai ficar. E muito pouco anda a par do que é a filosofia e prática da organização que existe no clube português MAIS VENCEDOR  DE SEMPRE quem pensar que o seu líder carismático Pinto da Costa não resolveu, há muito, esta questão a qual pode ter passado até pela opção de manter um treinador vencedor como é VÍTOR PEREIRA.

     Não há na actualidade disponível em Portugal treinador mais qualificado e que melhor conheça e se identifique com o plantel. E tem duas virtudes que lhe conferem respeito e autoridade, aliás, três: aprende com os erros (que comete cada vez menos),  é um VENCEDOR e sente o Porto como um simples adepto.
  
     Por mim, Víctor, ficas. Se bi-tri campeão todos os portistas agradecerão.
   

    

quinta-feira, maio 16, 2013

quarta-feira, maio 15, 2013

BENFICA MELHORA RECORD MUNDIAL DE FINAIS PERDIDAS.

          


  Liga Europa

              Estádio Arena, Amsterdão (Holanda)

                                           Benfica, 1 - CHELSEA, 2

              Ao sair derrotado por 1-2 com os ingleses do Chelsea com um golo sofrido no segundo minuto dos três concedidos pelo árbitro para o fim do encontro, numa reprise do que acontecera no sábado passado no Dragão, na sequência de uma bola parada (pontapé de canto) o Benfica perdeu a SÉTIMA final das competições europeias em que participou na sua história, aumentando deste modo o record mundial de finais de perdidas em que participou, VINTE E TRÊS anos após ter perdido a última e  CINQUENTA E UM desde que venceu uma delas.

            O Chelsea não pôde contar com Hazzard e Terry, lesionados na última jornada do campeonato inglês, mas Ramires e Eduardo Luís, ex-jogadores muito estimados do clube lisboeta, tudo fizeram por superar a ausência daqueles habituais titulares realizando ambos magistrais exibições.

                 O golo de honra dos encarnados foi alcançado na marcação de uma grande penalidade que um Capela lisboeta não desdenharia assinalar, viu outra perdoada a Luisão por derrube a Torres e viu a bola bater pela OITAVA VEZ nos ferros da baliza a escasso minuto dos 90' com o resultado ainda em 1-1.

                         Jesus, nas suas declarações no final do jogo não regateou nos elogios aos adeptos do Benfica, mas esqueceu TODOS os portugueses que não sendo benfiquistas desejavam muito que a maldição tradição não se cumprisse.

O BENFICA E O ÓLEO DE FÍGADO DE BACALHAU.

    

              Sou incapaz de compreender como é possível, sendo-se adepto convicto e militante de um clube durante uma vida, tendo sofrido na alma os momentos difíceis dos insucessos e exultado com os triunfos dos  feitos gloriosos e assumido como suas as injustiças, perseguições, campanhas caluniosas, invejas e complexos de superioridade de uma grandeza a cheirar a mofo incapaz de reconhecer a superioridade alheia, fechar num cofre  o passado e suspender por momentos que sejam toda a antipatia e ressentimento gerados ao longo dos tempos, para passar a festejar ou sofrer por um clube rival, mesmo que pontualmente como hoje.

            Há coisas que, por mais boa vontade e espírito de tolerância que um crente possua, dificilmente tolera e esquece. Tal como o gosto de  uma colher de óleo de fígado de bacalhau que provei na infância e de cujo sabor ainda hoje não me esqueci, nunca mais repetindo a dose, também não sou capaz de apoiar o Benfica em qualquer circunstância.

            E não me venham com a treta de que em jogos internacionais todos temos obrigação de "torcer" pelas equipas portuguesas. Não alinho em imposturices. Nem o Benfica tem mandado dos adeptos dos clubes nacionais para os representar no estrangeiro nem sequer tem mais portugueses no plantel do que o Chelsea para merecer a preferência distinta.

            Óleo de fígado de bacalhau, ja mé.

             
            

terça-feira, maio 14, 2013

OUÇAM, OUÇAM COMO COMO ELES VIBRARAM COMO O GOLO DE KÉLVIN.


                                                             
                                          Canal do clube da dona Victória
                                                                             


                                                                              Rádio 5


                                                                  

                                                                                TSF

RENASCENÇA

A ALEGRIA DA NAÇÃO VÊ-SE NO DRAGÃO.



                                     

domingo, maio 12, 2013

AS COISAS NÃO SÃO COMO COMEÇAM MAS COMO ACABAM.

           

     Liga Zon Sagres
                  Estádio do Dragão, Porto, Portugal
                  2013.05.11

                     

                              FUTEBOL CLUBE DE PORTO, 2 - Benfica, 1

                                 O Benfica adiantou-se no marcador (Lima) ainda não havia chegado o jogo aos 20'. O FC Porto empatou (Varela, Maxi, Artur?) alguns minutos depois. KÉLVIN, o garnizé com crista de galo, de pé esquerdo, do lado esquerdo do rectângulo de jogo e para o lado esquerdo da baliza de Artur, marca o segundo dois minuto antes de ver a angústia da águia no estertor da morte, com Jesus de joelhos a rezar.




                                  Ganhou quem foi para o jogo para o vencer não quem pensou que  o anti-jogo bastaria para o não perder.


                                  
                                         Proença, inteligentíssimo, conseguiu não ir muito além da legalidade para não der pretexto a que se diga que o Porto venceu por ter uma arbitragem favorável.



                                 A história deste jogo está feita. Mas a História do campeonato só ficará concluída na próxima jornada.


                                     
                                        QUEM LANÇA FOGUETES ANTES DA FESTA SÓ FICA COM AS CANAS PARA FESTEJAR.

                               



Porto vs Benfica (LUSA)



terça-feira, maio 07, 2013

ESTORIL PÕE BENFICA A VER TÍTULO POR UM FUNIL.

          
O Jogo

O Jogo


                 Depois de ter assistido pela TV à lição de futebol dada pelo Estoril Praia ao clube da Victória, perante mais de sessenta mil fanáticos e arrogantes benfiquistas e cinco milhões novecentos e quarenta mil a seguir o jogo na SporTV1, sinto-me na obrigação de me penitenciar pelo que escrevi no post anterior no qual deixei transparecer que, tal como já acontecera no passado, também desta vez o jogo não passaria de um farsa. Para bem do futebol, os comandados de Marco Silva, que se vem revelando um técnico de grande futuro, lograram realizar ontem à noite uma exibição notável ao nível das melhores a que já assisti nesta época, vulgarizando até ao ridículo uma equipa arrogante, sobrevalorizada e protegida pelas talas da comunicação social com  epicentro no Rossio.

               O resultado está longe de traduzir o que foi a superioridade estorilista a partir dos quatro minutos iniciais até aos 90´+5,35' (!!), e o 1-1 final é uma injustiça da grandeza da presunção dos seguidores do clube lisboeta, mesmo sem considerar um  penalti não assinalado (24'), um fora de jogo marcado que negou um golo certo (44') e um golo não validado quando o guarda-redes da casa permitiu que a bola tivesse transposto a linha de baliza (86'), tudo escamoteado ao Estoril.

              Os últimos vinte minutos devem ter sido dramáticos para os eufóricos pré-campeões vendo-se um Estoril a "poupar" o tiro fatal na águia extenuada, frouxa, confundida, incapaz de resistir à ressaca do jogo anterior contra meia equipa dos turcos do Fernebhaçe, seguida da linha lateral por um  treinador esgazeado, com esgares assombrados de pânico, despenteado, impotente, aterrado perante a realidade de ter que ver por um funil o título de campeão 2012.20123.

            

segunda-feira, maio 06, 2013

OLHA, OS PRIMOS DA LINHA!

            


             Está marcado para mais logo nas imediações do Colombo, na segunda circular alfacinha,  o piquenique que vai reunir a família do clube da Dona Victória e a dos primos da Linha de Cascais que vai ter como número circense  uma partida de futebol "amigável" para concelebrar, em antecipação, a atribuição do título de campeão de Liga 2012/2013.

             A ninguém passa pela cabeça que o Estoril Praia "mova um palha" que seja para incomodar o anfitrião. A equipa da linha tem um historial de "colaboração" com o clube do regime (antes e após a democracia) que ninguém está à espera que vá ser alterado numa festa onde vai estar como vassalo. Tal como há jornadas atrás se passou na Madeira, com o ilhéu subsídio-dependente a "colaborar" no regabofe da águia jurando "nada fazer para que o benfica não seja campeão."  É tudo uma "grande família", como diria o Raul Solnado.

           Também, verdade, verdadinha,  nem preciso será. Haverá sempre alguém tão cego, tão ceguinho, ceguinho, que não vislumbre nem uma em quatro situações de faltas evidentes dentro da área encarnada. Nem necessidade de recurso à negociação de jogador estorilista à hora do jantar...

          O Futebol Clube do Porto deu no passado sábado na Madeira, uma lição de bom futebol. Em 20´marcou três golos tendo criado ao longo do jogo mais outras tantas oportunidades, tendo mantido em toda a partida completo controle do adversário, o qual obteve o seu único golo na conversão de uma grande penalidade quando o resultado já estava em 0-3.

          Os benfiquistas, na tentativa boçal para branquearem o roubo de QUATRO grandes penalidades  do Capela aos "primos pobres" de Alvalade, "viram" um golo em off-side e um penalti inexistente em benefício dos Dragões no jogo contra o Nacional pensando poder "equilibrar" as contas do título claramente defraudadas.

          Em questões de futebol (porque é desta que estou a falar...) já estamos habituados à miopia congénita dos encarnados. Não vêem uma tranca que seja nos seus olhos e enxergam com a maior certeza um argueiro na vista dos outros. Por isso é que eles são bons na política...

          O grande golo do extraordinário Mangala (não pude deixar de me recordar do fenomenal Madjer na final de Viena de 27.5.87, no primeiro golo do Porto), foi conseguido já com o resultado de 0-1, este na conclusão de uma das melhores jogadas deste campeonato, num posição claramente "em linha" e impossível no campo de anular por fora de jogo por um juiz de linha honesto. Quanto às linhas que se assinalam no ecrã das televisões, só lhes dá crédito quem lhe convém... No que concerne à falta sobre Varela, só mesmo um lampião do tempo da iluminação a gás é que não é capaz de a enxergar, isto é, um encarnado com óculos vermelhos.

         Divirtam-se, pois. Ah, não se esqueçam de ligar a rega e poupar na luz...

          

         

        

           

sábado, maio 04, 2013

JOGATINA LEGALIZADA COM CARTAS MARCADAS.

              

                      O menos que os adeptos do Futebol Clube do Porto  podem esperar da equipa é que ela vença todos os jogos que ainda faltam para concluir a prova; terminar a Liga a (apenas) um ponto do anunciado vencedor, fará toda a diferença considerando a forma fraudulenta como o putativo campeão se apropriou dos três pontos na partida realizada contra o Sporting.

                Deixando para trás todo o historial dos favorecimentos arbitrais de que o clube do regime (antigo e presente) usufruiu e o levaram ao topo da tabela classificativa na época em curso, o produto do "roubo" consumado perante os deserdados enteados sportinguistas e testemunhado por milhões de pessoas há-de borrar para sempre a alcatrão as cores da capela que lhe serviu de cenário.

               Se se invertesse a actual situação pontual dos dois primeiros e tivesse o FC Porto de jogar contra o Estoril, ainda que fosse no Estádio Mais Belo da Europa, eu, como adepto portista, não estaria tranquilo e temeria pelo resultado do jogo. O clube da linha de Cascais, quando actua motivado e se aplica, é uma equipa a temer. Tem um técnico jovem, certamente com aspirações na carreira e não desdenharia em aproveitar a mediatização do momento para ver reconhecido o seu trabalho. Porém, não tenho qualquer ilusão em relação ao que vai acontecer na segunda-feira no pic-nic da segunda circular alfacinha: uma jogatina legalizada de casino, com cartas marcadas, onde o dono tem garantidos o lucro e a imunidade do esbulho que vier a ser praticado.