terça-feira, agosto 14, 2012

A FORÇA FAZ A UNIÃO.

                 Mais chocante que o impacto brutal de Luisão contra o árbitro alemão que arbitrava um jogo PARTICULAR entre o Fortuna de Dusseldorf e os alfacinhas do Benfica e que o prostrou no relvado inconsciente, é a afirmação do principal responsável da equipa de que o escandaloso comportamento do seu atleta e capitão (?) de que a agressão terá sido um estímulo que contribuiu para "unir a equipa"!

              Sim, senhor, não poderia ter sido melhor escolhido o edificante episódio a que o mundo teve oportunidade de assistir, para confirmar o que em Portugal há muito é prática instituída naquele clube que conta com  branqueamento que lhe é dado pela imprensa alfacinha para minimizar, internamente, os graves episódios em que é frequente e impune protagonista.

              Vamos aguardar com alguma dose de curiosidade o que as instâncias superiores do futebol decidem sobre este uso despropositado da força bruta contra o agente desportivo interveniente no jogo. É que se o crime passar sem pena exemplar, então é bom tratar de inverter o slogam de que a "união faz a força". Et pluribus unum, é para levar a sério...

              Quem deve estar "destroçado" pela "boca" do seu pupilo é o Doutor Manuel Sérgio...

             

             

4 comentários:

  1. O mal é eles, os mouros vermelhos, estarem habituados mal em Portugal, protegidos como são, como clube do regime. E basta ver pela campanha que anda por aí, de branqueamento mafioso... Se fosse alguém do F C Porto que tivesse só soprado perto do árbitro, era como se tivesse atirado com metrelhadora... assim é o que se vê. Uma tristeza.

    ResponderEliminar
  2. Amigo :

    Eles julgam -se intocáveis !


    Abraço

    ResponderEliminar
  3. O problema é que os alemães não brincam, já enviaram a participação à FPF e à FIFA e agora o riso vai dar choro.

    Abraço

    ResponderEliminar
  4. Agora... está já aí o jogo em Barcelos com o Gil Vicente. Não os podemos deixar cantar de galo. E com as romarias minhotas na região, temos de fazer a festa, nós os Portistas.
    Então, é... Para ganhar!
    Depois do empate dos mouros, vamos começar já a ganhar pontos aos fanfarrões, liderados pelo leitor ladrão...
    E não pode acontecer um outro Paixão mais, nunca mais.

    Memória Portista
    http://memoriaporto.blogspot.pt/

    ResponderEliminar