segunda-feira, setembro 20, 2010

SEM TEMER E SEM TREMER.

     
Nacional -FC Porto (0-2, Resultado final)


  


Choupana, ilha da Madeira, hoje:

                
Nacional da Madeira, 0 - FUTEBOL CLUBE DO PORTO, 2

          5 jogosx3 pontos=15 pontos = 1º LUGAR da Liga ZonSagres. Contas feitas, o comandante, quatro degraus acima, não sente o mínimo estremecimento com o branco e negro das vestes do mais próximo perseguidor. Só estranha, por ser o Sancho Pança e não D. Quixote, o das vitórias fantasiosas sobre os moinhos de vento.

           Fantasmas passaram, sim, pelo relvado. Memórias de outros tempos, do sabor amargo do excelente Delta, sem açúcar, de Nabeiro, servido com libidinoso empenho e muita Paixão.

          Um primeiro de ricochete e, o segundo, é do Varela que, quando o chamam à janela não é de modos.

          Há, como dizia o outro, ainda muito churrasco para virar. Pois há, que o Roberto é um campeão a fornecê-los e não correrão perigo de morrer à fome. Vocês sabem do que estou a falar...(desculpa lá o plágio oh lavrador de Palmela).

          Enquanto lá para baixo se vão entretendo a depenar os "penosos" de aviário, aprontem-se os portistas que o "barrão" está aqui está no comer. Vira!
Já os estou e ver a salivar...

          



      

3 comentários:

  1. Caro Remígio
    (O petisco,na foto de baixo,é de salivar,lá isso é...).
    O jogo?!...Para o narrador valdemar da TVI,ainda hoje, o sistema solar,"funciona" como no tempo da inquisição!... E, porque tudo gira à volta do benfica do referido senhor ...o sol, qdo. nasce, não é para todos.Assim, o asneiredo desbragado e impune que se lhe permite, durante 90 (longuíssimos) minutos,é um atentado à nossa inteligência e também aos clubes que não orbitam à volta do ...mouraria-sport. As "conclusões" a que chega, durante o jogo nacionalXfcp,comparando níveis de empenho,abnegação,apatia,dos jogadores (e banco) do clube madeirense, em relação ao jogo com o ... benfica, é dramática e duma desonestidade a toda a prova e não só para aquele clube...(onde pára a isenção desta cambada-narradora?...Não têm pingo de vergonha e pudor?...Júlio Magalhães!não há um reparo, para esta gente?!...).
    O "temido" paixão,desta vez e FINALMENTE!,não "borrou a opa"...Alvíssaras!(Campo Maior/ Leixões - já lá... vão?!)
    O melhor em campo?- BRACALLI!
    Dos nossos?... voltei a gostar do JMoutinho- a subir,a subir...E não é que o Maicon,me está a surpreender vivamente?!...O que me parece mais fora de forma (e, com alguns quilitos a mais ) é o CRodriguez...inconsequente e faltoso.Álvaro Pereira é um foguete,melhor, é um TGV...Que raça!Finalmente,parece-me que ficámos a dever a nós próprios, uma goleada das antigas...
    Reposta a "verdade" PONTUAL,AS OUTRAS VERDADES VIRÃO POR ACRÉSCIMO,ou seja, o "scudetto" para ornamentar as nossas (lindas) camisolas.
    Uma boa noite.
    João Carreira

    ResponderEliminar
  2. Se não foi uma exibição brilhante, foi uma vitória justa, indiscutível, que até peca por escassa.

    Quanto aos comentadores, nem vale a pena perder tempo, quanto mais ganhamos mais aziados eles ficam e como toda agente sabe, a azia perturba, incomoda...Mas nada que uns Kompensan ou Rennie não resolvam!

    Ena pá, que belo bicho. Não é o Desanimado, pois não?

    Um abraço

    ResponderEliminar
  3. Mais um jogo, mais uma vitória. Parece ser o lema desta equipa portista liderada por André Villas-Boas, que conta por vitórias todos os jogos oficiais disputados esta época.

    Com humildade, trabalho, entreajuda, espírito de sacrifício e ambição, este grupo de trabalho faz o seu percurso imaculado, sem espalhafato, sem propaganda e sem o histerismo da CS. É assim que deve ser, é assim que eu gosto, é à FC Porto!

    Não foi um grande espectáculo de futebol, longe disso, mas os Dragões deixaram evidente no relvado húmido e escorregadio do estádio Madeira a sua superioridade, selando um triunfo justíssimo que só peca por escasso, tal o número de ocasiões de golo desperdiçadas (incluindo uma penalidade máxima), umas vezes graças à exuberância do guarda-redes Bracalli, outras por ineficácia dos rematadores portistas.

    Maicon foi para mim o melhor jogador portista (o melhor em campo foi Bracalli, logo seguido de Moutinho (que bela exibição)e do insuspeito Fernando.

    Pena que alguns atletas tenham denotado inadaptação ao relvado (Hulk esteve desastrado)e outros aparentemente alheados do jogo.

    Esta equipa merece mais regularidade exibicional pois tem matéria-prima para o conseguir, como demonstrou já esta época.

    Se não puder ser Ópera, que seja a «Valsa» vienense/87, para contrastar com o Fado Calimero e a «Pimba» das papoilas saltitantes.

    Um abraço

    ResponderEliminar