domingo, maio 01, 2011

SERENO & TRANQUILOS - UM BANCO CREDÍVEL.

        LIGA ZONSAGRES

            
             Estádio do Bonfim, em Setúbal,
        
             Vitória de Setúbal, 0 - FUTEBOL CLUBE DO PORTO, 4


            
              GOLOS: 0-1, 15' Valdomiro, p.b.;  0-2, aos 45+1', Otamendi, concluindo de cabeça um centro bem medido de Jámes Rodriguez; 0-3, aos 56', numa jogada iniciada por Guarin, que serviu Jámes na esquerda, com este a levantar a cabeça e cruzar rasteiro e tenso para Valter concluir com força e colocação. O melhor golo, mesmo que o 0-4, de Varela, aos 90+2', merece elogios pela execução do marcador.

              A respirar saúde mental e física o Futebol Clube do Porto foi a Setúbal tornar fácil o que, eventualmente, poderia ser difícil atenta a situação na tabela da equipa sadina e a necessidade de somar pontos que ponham a equipa do Sado a salvo de uma despromoção. Azar o deles porque, desde o pontapé de saída, o Futebol Clube do Porto mostrou logo ao que vinha, adquirindo o comando do jogo para não mais o largar até apito final.

             Jogando praticamente com três centrais, muitas vezes até com apenas dois pois tanto Álvaro Pereira, na esquerda, como Sereno, na direita jogavam quase sempre como se fossem avançados, mantendo sempre as suas linhas muito juntas e uma pressão constante sobre os jogadores locais quando estes intentavam iniciar o seu jogo de ataque, os nossos jogadores criavam ondas sucessivas de ataques, dificilmente anulados pelos confundidos defesas sadinos claramente atarantados pelas movimentações portistas, a jogar a toda a largura do relvado metendo muitos jogadores na área e criar pânico através das entradas de Álvaro e dos seus centros milimetricamente executados.

            Foi num daqueles centros que Valdomiro, acossado por Valter na sua peugada, desviou a bola para a baliza e fez o serviço pelo Maciço. Sem abrandar o ritmo e a entrega, o caudal ofensivo mantinha-se e, atrás, Maicon, Otamendi e Sereno, ora defendiam ora atacavam, dando a confiança necessária à linha média para recuperar a bola e, em sucessivas trocas de posição, obrigar os locais a andar à procura da bola, todavia sem, sucesso. O Porto mandava a seu belo prazer, tranquilo,.operário e solidário, com o senão da falta de um maior eficácia e discernimento na conclusão das situações que criava.

          O 0-2 chegou já em cima do intervalo, num entrada fulgurante de Otamenti, a cabecear de cima para baixo como mandam os cânones, sem  hipótese de defesa.

          O 0-3, resulta de um excelente momento de futebol dos que a equipa de André Villas-Boas mais gosta e faz muito bem: Guarin, (já ninguém tem dúvidas sobre a sua classe), mete para o Jámes na esquerda e o "miúdo", levantando a cabeça envia a bola com ordem de entrega ao domicílio, isto é, ao encontro de Valter para este, a régua e esquadro, num pontapé fulminante, concluir um bonito golo.

          Varela, que entretanto, tinha entrado no jogo, num bailado curto no meio de um molhe de adversários, atira para o 0-4 final, numa execução perfeita da perna esquerda.

          Muito bom plano para os jogadores que estiveram esta noite no Bonfim, onde o Futebol Clube do Porto não perde há perto de trinta anos. Souza, Rúben Micael, Sereno, Maicon, Jámes Rodriguez, muito bem. Valter, a minha coqueluche, demasiado sôfrego na primeira parte que prejudicou o seu rendimento útil esteve muito bem na segunda, com mais espaço e, agora,  melhor servido. Mariano, é bom companheiro e, como é Villas-Boas que decide, eu aprovo.

          Apesar de tudo o meu destaque vai para BETO. E não é "apenas" pela estupenda defesa do penalti que o Maciço "bacoco" cometeu. Esteve impecável entre os postes e fora deles, colocou sempre muito bem a bola com a mão, redonda, para início dos contra-ataques e incentivou e orientou os colegas da frente. Excelente. Quanto a Kieszek, quase borrava a oportunidade que lhe foi concedida de ser campeão, estando a ponto de cometer uma fífia idêntica à que nos afastou da Taça da Liga.


         Esta outra equipa que o André pôs a jogar não teve o brilho das estrelas de outras noites. Mas foi, toda ela, uma bonita constelação onde brilham algumas que hão-de brilhar num futuro próximo.

         Alguns árbitros têm a virtude de não complicar o que não deve ser complicado. Tal qual, como fez hoje Rui Costa.
   
         Ahora, España, ombre! Olé!

      

10 comentários:

  1. Mesmo quando e muito bem, resolvemos poupar. E hoje poupamos quase uma equipa inteira - dos que jogaram frente ao Villarreal, só jogaram de início, Álvaro, Otamendi e Guarín, mais tarde, Fernando e Varela, que jogaram 26 e 17 minutos, respectivamente, sendo que o português tinha jogado apenas na segunda-parte frente aos espanhóis...
    Começamos a dominar, mas lentos, sem criar oportunidades e é verdade que tivemos a sorte de marcar, num auto-golo de Valdomiro, mas a partir daí e até ao fim do jogo, foi mais um passeio do Campeão.

    Sob a batuta de um menino de 19 anos, James Rodríguez, colombiano e que não quer ficar atrás dos seus compatriotas, os muito badalados F.Guarín e R.Falcao, o conjunto de André Villas-Boas dominou, controlou marcou e com o 2-0 em cima do intervalo, o jogo ficou resolvido. Só um tipo "passado", como Ricardo Silva - nunca mais perdoou ao F.C.Porto tê-lo dispensado -, é que pode colocar reticências ao triunfo do Dragão. E meus caros, não há muito mais a dizer sobre o jogo a não ser que Walter voltou a marcar, Otamendi também, assim como Varela. Que é a 16 vitória consecutiva; que temos 80 pontos e que o mais, maior, melhor, grande clube do mundo já está a 21 pontos, até ao momento, a maior diferença da história; e que estamos a duas vitórias de fazer mais história, conseguir um campeonato sem derrotas e com apenas dois empates, igualando o feito do Benfica de Hagan, nos longínquos anos 70, do Século passado.

    A naturalidade com que o F.C.Porto ganha e não só ganha, como goleia, é algo que nos faz recuar e relembrar a frase de Jesualdo: "No F.C.Porto, ganhar é como escovar os dentes".
    Uma palavra final de parabéns ao Beto, que faz anos e deu uma prenda a ele próprio: defendeu um penalty - é um especialista. E para Kieszek que se estreou e assim, também é Campeão...

    PS - Mais um fim-de-semana em Grande para o Dragão. Vitórias no futebol, hóquei, andebol e basquetebol.
    No futebol já somos Campeões em seniores e juniores; no andebol lideramos e precisamos apenas de uma vitória, em três jogos, para sermos Campeões, Tricampeões, quero dizer; no hóquei a quatro jornadas do fim, também vamos em primeiros e podemos ser...Decacampeões; no basquetebol e nas meias-finais do play off temos a vantagem de 2-0 e estamos a apenas a uma vitória da final, onde teremos o factor casa a nosso favor.
    Se isto não faz de nós um clube fantástico, não sei o que é um clube fantástico...

    E ter um banco crdível nos tempos que correm...não é para todos!

    Um abraço

    ResponderEliminar
  2. De facto uma "equipa B" do outro mundo...suficiente para lutar pelo título com as restantes equipas em competição. É triste mas a qualidade das equipas portuguesas é lastimável...basta ver a "equipa b" dos "visitantes" que de empate em empate ou derrota em derrota lá vai seguindo...esses mal 11 têm quanto mais 16 ou 17.

    Permita-me apenas uma correcção: Creio que o Estádio dos Arcos é em Vila do Conde (pertença do Rio Ave) e que o estádio do Setúbal é o Estádio do Bonfim.

    Cmpts

    http://odiabodeazul.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  3. Bom dia,

    Excelente jogo da nossa equipa, com muita ambição conquistou uma vitória "gorda" num terreno difícil.

    Excelente exibição de James. Beto grande jogo também, mereceu a titularidade em dia de aniversário. Otamendi é um grande central muito forte nos lances de bola parada e está a fazer uma excelente época.

    Poupamos espingardas sem perder a ambição e garra e isto enche-nos de orgulho. Somos uma equipa na verdadeira acepção da palavra. Villas-Boas está a fazer um fantástico trabalho. Estou convicto que vamos terminar o campeonato sem derrotas.

    Excelente o apoio dos nossos adeptos.

    Abraço e boa semana

    Paulo

    http://pronunciadodragao.blogspot.com

    ResponderEliminar
  4. Dragão dos Diabos:

    Tem toda a razão. Lapso meu. Com efeito, em Setúbal, é o Bonfim. Há muitos anos, felizmente para nós, portistas.

    Muito grato, pela chamada correcção.

    ResponderEliminar
  5. Jogo para cumprir calendário, assumido com responsabilidade e seriedade timbres do Dragão, apesar da massiva gestão efectuada por AVB.

    Ficou demonstrado que para além de constituirmos a melhor equipa nacional temos também o melhor plantel.

    Os diferentes objectivos que a equipa persegue continuam intactos, que a serem alcançados, fará desta equipa a mais «arrasadora» da história do futebol português.

    Um abraço

    ResponderEliminar
  6. CARO REMÍGIO
    ...(quase) ninguém fala nele, mas um gand'a jogão fez o Sereno!Ou muito me engano (se mantiver este realíssimo nível) ou mestre AVB vai concerteza apostar mais nele nesta posição...Verdade que a oposição do VS foi fraquinha,mas que o homem me deixou perplexo pela positiva,lá isso deixou.Vi concentração,raça,boa presença física e a fazer o corredor todo, com toda a gana.Agradou-me muito mais- ainda- porque me parece que não dá lances como perdidos e rói no osso (no bom sentido,claro ) do adversário, que nem ...canito.
    ...........................
    A sua crónica do jogo-como sempre- nos "trinques",como diria, sinhôzinho Malta.
    Agora há que preparar bem o trumuno com o Villareal e aguardar o outro finalista.
    Por mim, ficar-me-ia a calhar bem o... Braguinha.Não estou a "querer" perceber o que se está a passar com o mesmo e quem estará por trás, a manobrar os "finalmentes" do jogo com o Leiria.Há pouco vi e revi, a patada-atómica de que o Helder Barbosa é alvo e além da indignidade do gesto, acho uma barbaridade como é possível NÃO sancionar com VERMELHO DIRECTO tamanha "karatecada" - é disso que se trata -
    O agressor fabrício frequenta o dojo ?!...
    Dando de barato que o bruno (paixão) é aquilo que se sabe (lembra-se de CampoMaior/Jardel/José Soares ?!...) como "fechar" os olhos àquilo ?
    As fotos ao intervalo ... no balneário do paixão?!...
    A revelação à Antena 1 por parte do Delegado ao jogo, sr.Cutelo (abel castro ) de factos(?) ocorridos,não deveria fazer parte de relato, por enquanto sigiloso, por parte do mesmo?! ou agora-como é com o SCBraga-(adversário PRÓXIMO da "instituição") a coisa deve ser JÁ! bem confabulada,noticiada, sentenciada na comunicação social?! Até à hora do jogo ?!
    Teoria (a minha) da... conspiração?!...
    ......................................
    Uma boa semana,que o tempo melhore e saúde (da boa).
    Abraço amigo
    João Carreira
    A

    ResponderEliminar
  7. joao abel calais:

    Estou em plena sintonia consigo na avaliação do desempenho de Sereno no jogo de ontem, no Bonfim.
    Mesmo que o jogo se tivesse tornado relativamente fácil por força da excelente actuação colectiva do FCPorto, não obsta ao justo realce da excelente exibição de Sereno, justificando a minha inclusão do seu nome no título do post "Sereno & Tranquilos" que escolhi.

    Só vi o lance da tentativa de assassinato do jogador do Leiria ao Helder Barbosa, hoje, nos noticiários, estando ainda estupefacto ao ouvir que nem falta o paixão assinalou!!! Se ainda acreditasse que a verdadeira justiça funciona neste país, não seria apenas o delinquente agressor a ser penalizado, mas também o "juiz" iria parar à cadeia onde, aliás, já lá deveria estar desde o roubo de Campomaior...

    O caso das fotografias metidas, ao intervalo, por baixo da porta da cabine do árbitro é verdadeiramente surreal e serve de exemplo paradigmático do estado a que chegou a Nação Portuguesa. O que mais nos pode surpreender.

    Estando a pensar em ir a Dublin, torço para que seja o Domingos a sentar-se ao lado do André Villas-Boas. É que não sei se embirro mais com os treinadores que mastigam com os molares e de boca aberta a pastilha elástica ou com as cabeleiras "à sem abrigo" que alguns usam...

    Fica aqui o abraço da ordem e os votos de uma boa noite e melhor dia, para amanhã.

    Remígio.

    ResponderEliminar
  8. Caro Remígio
    Temo que, afinal, a minha teoria da conspiração,não seja tão teoria quanto isso ...
    O SR.ricardo costa já veio a terreiro botar a douta opinião sobre o que pode acontecer ao ...SCBraga: descida de divisão e multa pesada!
    Suspirei de alívio - a pena, NÃO É IMEDIATA ! O SCBRAGA poderá (ainda) disputar o jogo da meia-final contra o clube da Dona Victória (Remígio dixit).Deus seja louvado!
    O SCBraga, se fôr "julgado" por tão douto & sublime jurisconsulto,bem pode preparar-se p'rácender muitas velinhas na Nossa Senhora do Sameiro ...
    ............................
    Entretanto, "saída" que foi a pena de LUIS ALBERTO do Nacional da Madeira,nem se acredita : o agredido sofre pena MAIOR que o agressor !!! Fosse eu, o relator do processo, teria fundamentado a (sábia )decisão no velho, relho e cristão preceito :"A JESUS, DEVERIAS,LUÍS ALBERTO,TER OFERECIDO A OUTRA FACE !".
    Continuação de boa(s) prosa(s) e boas práticas...Com os "mestres" que vamos tendo é (felizmente) aprender até ... morrer!
    Abraço amigo
    João Carreira

    ResponderEliminar
  9. Esta época é sempre a somar. Mas até nisto, no que se passou em Setúbal, com quase toda a nossa equipa alterada, se vê o trabalho do Villas-Boas, pois na época anterior quando entravam os menos utilizados havia uma grande diferença, enquanto este ano não.

    Abraço.

    ResponderEliminar