sábado, junho 08, 2013

ESPREMIDINHO, ESPREMIDINHO, LÁ DEU UM GOLINHO.

        

O Jogo

            É lugar comum, bem sei, mas para mim "é melhor o resultado que a exibição". Alguns fugachos do super-super CR, uma sorte do caraças no golo "à Postiga" do Postiga, umas abébias dos avançados russos e, sempre, sempre o pequeno-grande homem JOÃO Messinho MOUTINHO ou monaquinho, agora que vai pôr a andar a roleta do casino do reino dourado de Ranieri e da bela Grace Kelly, de bela memória ou, menos metaforicamente escrevendo, do Alberto e da esposa que lhos "pôs no sítio"...

            De resto, fraquinho, fraquinho. Mais do mesmo, com uma excepção, uma agradável surpresa já que dele, só sabia da sua existência pela notícia da sua ida para o Zénit: NETO, que, pelo que jogou até já podia ser considerado avô de qualidade e de genica. Ai, Pepe, Pepe, agora que a vida parece ter começado a andar para trás aí por Madrid com o rival francês "à perna", a desafiar-te...

           Também vi o Vieirinha, também. Dava jeito que aparecesse lá pelo Olival para ver se ainda tem no cacifo a camisola...

           Acho que está a descer a venda de máquinas de calcular. Vencemos a Rússia e, a levar a sério os comentários e críticas dos entendidos, foram-se os obstáculos difíceis e até um burro a matemática pode fazer as contas a lápis. Limpinho, limpimho, é só um pulinho e, o Bentinho, já está mais descansadinho porque tem garantidinho o segundo lugar a que está...habituadinho. Lindo menino!

          

1 comentário:

  1. Amigo :

    Com alguma sorte e uma arbitragem adequada aos jogos na Luz ...



    Abraço

    ResponderEliminar