terça-feira, novembro 06, 2012

MELHOR, SÓ GANHANDO...

      ( Sol)
O FC Porto empatou esta noite na Ucrânia frente ao Dínamo Kiev.
   Liga dos Campeos
      Em Kiev (Ucrânia)
      2012.11.06

                  Dínamo de Kiev, 0 - FUTEBOL CLUBE DO PORTO, 0

                               Com um empate, o Futebol Clube do Porto cumpriu o seu principal objectivo que era passar à fase seguinte da competição máxima do futebol europeu. Porém, a classe com que ilustrou a sua exibição e o controle exercido sobre o seu adversário na maior parte do tempo de jogo justificavam a obtenção da vitória.

                              Ressalvados os escassos cinco minutos iniciais de que precisou para marcar e ocupar os territórios onde cada um deveria mover-se, o FC Porto jamais deixaria o seu adversário explanar o seu jogo e, chegados os 20' minutos, já tinha ganho a confiança necessária para desenvolver jogadas ofensivas com perigo e levar o jogo para o meio campo ucraniano.

                             Aos 35' o golo assombrou a baliza dos da casa, quando Jackson, entrando de cabeça a um centro preciosos de Danilo (?), proporcionou ao guarda-redes do  Kiev um estiranço fantástico mandando com os dedos a bola para canto. 

                             Já na segunda parte, aos 56' foi Varela a atirar ao lado um passe de Jámes, num cabeceamento mals orientado. Aos 62', num livre directo, Moutinho bateu, o esférico desviado para canto não foi aproveitado. Porém, aos 67', Danilo entrega a um adversário que atirou fraco e Helton, atento, defendeu. 

                             Após as alterações introduzidas na equipa o Dínamo subiu alguns metros no terreno mas o Porto acabou por recompor-se voltando ao comando das operações, mas, os seus movimentos de ataque eram agora mais em controle, menos rápidos, com mais preocupação de manter a bola com o objectivo de manter, pelo menos, o empate.

                            Tenha esperança de ver o FC Porto confirmar neste jogo importante, fora de casa, contra um adversário que no Dragão dera boas provas de ser uma boa equipa, assumisse o jogo com classe demonstrando estar perto de ser uma equipa temível e capaz de fazer grandes coisas nesta prova. As minhas expectativas não saíram defraudadas porque a equipa foi categórica, personalizada, coesa, audaciosa, e, principalmente, demonstra que está consciente das suas capacidades.

                            Helton, esteve fantástico. Danilo não tão bem como Otamendi e menos que Mangala, porque, estes, foram brilhantes. Abdolayie BA, só teve um pequeno erro sem consequências, o que para um estreante nesta prova é de louvar. Está ali um central de futuro garantido. No miolo, as exibições de Moutinho e Lucho já não surpreendem e primam pelo esforço, capacidade técnica e organização de jogo. Défour não é jogador que interesse aos cameraman mas percorre quilómetros pelo relvado à procura da bola. Jámes Rodriguez dá perfume ao jogo e cria jogadas de estarrecer os adversários. Só mesmo "à cacetada" o conseguem travar. Varela foi dos que mais trabalhou, todavia faltou-lhe "um bocadinho assim" para ludibriar os dois ou três adversários que lhe pareciam no caminho. Jackson Martinez não marcou, mas manteve o nível das excelentes exibições que vem fazendo.

                            Vinte valores para a equipa de arbitragem. Afinal, nem sempre sopra mau vento de Espanha...

                            Não vou escrever que este resultado sabe a vitória porque o paladar de um empate não é tão saboroso como quando se ganha. Atendendo a que a equipa só não conseguiu os três pontos pelos imponderáveis que fazem parte do futebol e, em termos práticos, obteve o que queria não poderia deixar de estar por demais contente e feliz.












     

7 comentários:

  1. Boa noite,

    Hoje, o FC Porto marcou o ponto e garantiu matematicamente a passagem aos oitavos-de-final da prova rainha das competições europeias.
    Nada de surpreendente, face à tradição do nosso clube na competição, que confirmou assim o seu favoritismo.
    Quanto aos destaques individuais, são de realçar as boas prestações de Abdoulaye e Mangala.
    O jovem Ba, não comprometeu, e na estreia europeia não tremeu e efectuou uma exibição prometedora.
    Mangala teve pela frente Yarmolenko, o jogador mais perigoso do Dinamo de Kiev, e marcou bem o ucraniano.
    Helton perante uma defensiva pouco rotinada, teve um papel fulcral no seu comando, estando muito bem nas saídas dos postes, agindo muitas vezes como um autêntico libero.
    James fez um excelente jogo, assim como Varela, que se encontra em grande forma.
    Jackson, Otamendi, Moutinho e Danilo foram outros elementos em destaque.
    Esta passagem aos oitavos garantiu 3,5 milhões que acrescem aos 11,6 milhões de euros já arrecadados, uma quantia muito importante para equilibrar as contas do clube.
    Garantido o apuramento, agora o objectivo passa pela obtenção do primeiro lugar do grupo.
    Vamos a Paris lutar pelo primeiro lugar do grupo como salientou El Comandante.

    Abraço e boa semana

    Paulo

    pronunciadodragao.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  3. Boas ,

    Antes de mais o objectivo foi atingido, 10 pontos em 4 jogos é obra.
    Quanto ao jogo acho que fomos pragmáticos, aguentamos a pressão inicial do Dinamo e depois controlamos como tinha que ser feito.
    Na minha opinião faltou um pouco de calma e mais objectividade no ultimo passe, no entanto contra factos não ha argumentos ... estamos nos oitavos.
    Com 3 ausências importantes, Maicon, Fernando e Alex Sandro ... fundamentalmente este que dá mais profundidade ao flanco, devo destacar 3 jogadores, primeiro Mangala, excelente na entrega e combatividade, joga simples e não perde bolas, depois Helton, tranquilidade e segurança como lhe é apanágio e por ultimo Varela ... está em grande e a subir de forma.

    Agora ha que lutar pelos milhões que faltam e pelo primeiro lugar.

    Um abraço

    http://fcportonoticias-dodragao.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  4. Foi um Porto pragmático, objectivo, consciente que podia ganhar, mas que o empate também servia, aquele que na noite de ontem conseguiu, a duas jornadas do fim, garantir o apuramento para os oitavos-de-final.
    Estamos todos de parabéns.

    Um abraço

    ResponderEliminar
  5. Sou de opinião, segundo o que me parece, que o traquejo agora demonstrado por Vitor Pereira, fruto da experiência entretanto obtida à frente da equipa no tempo ultrapassado, será deveras determinante nas mudanças de comportamentos e consequentes resultados que se vêm registando. Essencialmente,o que já é muito. Agora desejamos que seja para manter e continuar, porque na prática ainda faltam muito da caminhada que se antevê no horizonte... dependendo depois dos resultados finais, ou seja o mais importante.

    ResponderEliminar
  6. Gostei,equipa muito solidária, que quando foi preciso sofrer, sofreram todos,o Porto foi quase sempre superior ao dinamo de kiev, em todos os aspectos do jogo,isto só demonstra que a equipa está a adquirir uma rotina de jogo muito boa,para aqueles que diziam que o treinador não sabe nada daquilo,vão ter que engolir um sapo bem grande, objectivo principal atingido, agora vamos lutar pelo primeiro lugar, e pelos euros que fazem falta aos cofres que estão a precisar. VIVA O PORTO
    Abraço
    manuel moutinho

    ResponderEliminar
  7. Amigo :

    Jogo seguro do F.C.PORTO !


    Abraço

    ResponderEliminar